Instituto do Banco Europeu de Investimento e PortusPark lançam incubadora em Amarante

InovaçãoInvestigaçãoTecnologia Verde

O Instituto do Banco Europeu de Investimento, juntamente com a PortusPark lançaram a IRIS – Incubadora Regional de Inovação Social. A mesma consiste num projeto piloto em termos europeus, de promoção do desenvolvimento regional através da inovação social. A incubadora conta, também, com a parceria da Câmara Municipal de Amarante, da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, e do Instituto Empresarial do Tâmega.

A IRIS apresenta-se como uma plataforma de apoio ao desenvolvimento de iniciativas de inovação e empreendedorismo social. O conceito reside na possibilidade de se criar um impacto positivo sobre os principais desafios associados ao desenvolvimento regional. O local sede de operação  será no Instituto Empresarial do Tâmega, em Amarante, de modo a criar diversas sinergias com a dinâmica empreendedora da região.

A aposta na inovação social é uma tendência mundial, sublinha o comunicado, pois tem vindo a ser promovida pelas instituições europeias, mas também pelos respetivos governos nacionais, como forma de criar novas soluções para os desafios sociais, ambientais e económicos que os países, as regiões e as comunidades enfrentam. Exemplos de inovações sociais que transformam a nossa sociedade podem ser a Wikipédia, plataforma gratuita de agregação e partilha do conhecimento, ou, em Portugal, o ColorAdd, sistema de identificação de cores para daltónicos.

“O objetivo do Banco Europeu de Investimento (BEI) e do seu Instituto é mobilizar e congregar esforços de um conjunto de parceiros à volta dos empreendedores sociais do Tâmega e Sousa para encontrar, implementar e alavancar soluções sustentáveis para os problemas sociais duma região cujas potencialidades se encontram subutilizadas” afirma Francisco de Paula Coelho, Dean do Instituto BEI.

O projeto promete que serão criadas as condições de acesso a conhecimento, redes de parcerias, e a investidores sociais. O objetivo é de tornar as regiões escolhidas pela incubadora como uma geografia de referência em termos europeus para a criação de novas iniciativas de empreendedorismo social. Amarante e a zona do Tâmega e Sousa tornam-se assim uma localização a ter em conta dentro deste contexto em termos europeus.

No que diz respeito a nível internacional, o Instituto BEI promove iniciativas europeias para o bem comum em benefício do desenvolvimento económico e social nos Estados-Membros da União Europeia, e é responsável pelo reconhecido programa Social Innovation Tournament, sendo, por isso, o parceiro de eleição para a criação de sinergias e pontes internacionais.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor