Instagram atinge 500 milhões de utilizadores

e-MarketingRedes Sociais

A rede social Instagram passou o marco dos 500 milhões de utilizadores em todo o mundo, com 300 milhões a entrarem nas suas contas diariamente. Foi um anúncio feito no blogue da empresa, que é detida pelo Facebook.

O marco é bastante interessante para o conglomerado de Mark Zuckerberg, que comprou o Instagram há quatro anos quando este era apenas uma rede nascente. Na altura, tinha 30 milhões de utilizadores no iPhone e acabava de lançar a versão para Android. Foi uma compra decisiva para o Facebook, que estava com dificuldades de fazer a transição para o móvel.

Na publicação do blogue, o Instagram revela que mais de 80% da sua comunidade está agora fora dos Estados Unidos, o que demonstra quão popular a aplicação se tornou. A sua base mensal de utilizadores mais do que duplicou nos últimos dois anos, adicionando 100 milhões de utilizadores ativos mais rapidamente do que os anteriores 100 milhões.

Em média, são publicadas na plataforma 95 milhões de fotografias e vídeos por dia, e os utilizadores fazem 4,2 mil milhões de “Gostos” diariamente.

“É incrível pensar que em apenas cinco anos e meio a comunidade do Instagram cresceu para 500 milhões. É entusiasmante ver que estamos a crescer tão rapidamente – a comunidade mais do que duplicou nos últimos dois anos – e agora 300 milhões de pessoas utilizam o Instagram todos os dias”, refere Amy Cole, diretora de desenvolvimento de marca para a região EMEA.

“As marcas têm sido uma parte fundamental da nossa comunidade – e à medida que a comunidade a continua a crescer, o mesmo acontece com as oportunidades facultadas aos anunciantes”, sublinhou. Nos últimos anos, o Instagram introduziu várias ferramentas e formatos, como o vídeo carrossel, para ajudar as marcas a melhorarem os seus resultados. Cole indica que a plataforma tem 200 mil anunciantes com sucesso, de todas as dimensões e de todos os sectores. “E nós continuamos a investir, com novas ferramentas como o Instragram Business Tools, que chegam à Europa durante este ano, para que as marcas possam efetivamente ligar-se com esta comunidade crescente e com um elevado nível de envolvimento.”

Ultrapassar esta fasquia também coloca ênfase numa rede social rival, o Twitter, que está estagnado em torno dos 300 milhões de utilizadores – sendo que tem muito mais tempo de mercado. Completou dez anos em março.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor