Information Builders considerada líder em Business Intelligence Ágil

Business IntelligenceData-StorageSoftware

A Forrester Research, empresa independente de market research, na área da Tecnologia, reconheceu a Information Builder como líder no seu último relatório sobre ‘Plataformas Ágeis de Business Intelligence’, após a avaliação feita à plataforma WebFOCUS.   No relatório, que corresponde ao terceiro trimestre de 2014, são avaliados os principais players do mercado em matéria de

A Forrester Research, empresa independente de market research, na área da Tecnologia, reconheceu a Information Builder como líder no seu último relatório sobre ‘Plataformas Ágeis de Business Intelligence’, após a avaliação feita à plataforma WebFOCUS.

Gerald Cohen, presidente e CEO da Information Builders (1)

 

No relatório, que corresponde ao terceiro trimestre de 2014, são avaliados os principais players do mercado em matéria de ‘Business Intelligence Ágil’, categoria que testa a capacidade de uma solução de BI se adaptar, reagir e obter sucesso diante de qualquer nova exigência das áreas de negócio de uma organização.

A relação obtida entre pontos fortes e fracos, permitiu à plataforma WebFOCUS obter uma pontuação alta nos testes que analisam o que os profissionais técnicos necessitam para permitir aos gestores o uso adequado do BI em modo self-service, assim como o desenvolvimento de tarefas de integração de dados dentro da própria ferramenta de BI.

A Forrester analisou os fornecedores de BI sob vários parâmetros: as suas receitas no segmento, para além da sua presença no mercado; a capacidade dos seus produtos em realizar consultas DBMS utilizando SQL e MDX e de analisar dados a partir de diversas fontes e não de apenas um ERP; e a possibilidade que permite aos clientes utilizar o produto em mais que um ambiente de negócios.

Gerald Cohen, presidente e CEO da Information Builders, mostra o seu entusiasmo com as capacidades do WebFOCUS: “A nossa plataforma de BI e analytics foi planeada para capacitar as organizações na hora de interpretar e reagir perante o aparecimento de novos volumes de dados, de maneira eficiente e efetiva. Também é fundamental a capacidade de tornar o BI uma tecnologia omnipresente para o utilizador, que resolve rapidamente qualquer incidência prevista pelo cliente, identificando movimentos do mercado e eliminando deficiências internas”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor