InfoApps reforçam capacidades dos retalhistas [atualizado]

Data-StorageNegócios

A Information Builders disponibilizou as suas ferramentas de análise de dados ao setor do retalho. Com as InfoApps, a tecnológica visa dotar os retalhistas das munições necessárias para otimizar os processos de decisão, aperfeiçoar o atendimento ao cliente e tirar o máximo partido de oportunidades emergentes. Através deste conjunto de ferramentas de análise de dados

A Information Builders disponibilizou as suas ferramentas de análise de dados ao setor do retalho. Com as InfoApps, a tecnológica visa dotar os retalhistas das munições necessárias para otimizar os processos de decisão, aperfeiçoar o atendimento ao cliente e tirar o máximo partido de oportunidades emergentes.

retalho

Através deste conjunto de ferramentas de análise de dados desenvolvidas pela Information Builders, os players do setor do retalho poderão reforçar os seus processos de negócio, alimentar o seu crescimento e conseguir mais eficientemente assegurar uma sólida base de clientes.

As InfoApps permitem às empresas do retalho a visualização de dados em gráficos e tabelas, permitindo um acesso centralizado às mais variadas informações, o que fomentará decisões mais exatas, baseadas na análise de dados.

Numa altura em que a empresas são assoberbadas por quantidades avassaladoras de dados, o setor do retalho, sendo um dos que mais dados manuseia, precisa, cada vez mais, de adotar soluções que os transformem em informação útil para o seu negócio, em combustível para o motor do seu crescimento.

“Se a informação for corretamente utilizada, é possível obter padrões e diretrizes que ajudam as empresas a melhorar a sua eficiência e a obter melhores resultados”, disse Gerald Cohen, presidente e diretor executivo da Information Builders, referindo-se à capacidade que as InfoApps têm, sendo ferramentas de Data Analytics, para preverem tendências de consumo e de procura. Isto poderá ajudar as empresas a capitalizarem novas oportunidades de negócio.

Em declarações à B!T, Manuel del Pino, Presales Manager da Information Builders Iberica, disse que, sendo um conceito recente, a empresa não tem ainda dados concretos sobre o nível de adoção das InfoApps no mercado português. Contudo, o executivo avançou que a Information Builders está a trabalhar no sentido de fomentar a adoção destas ferramentas de análise de dados junto das empresas retalhistas em Portugal.

Manuel del Pino apontou o Millennium BCP e a MEO como duas das empresas que mais se destacam no panorama nacional em matéria de utilização das InfoApps. “No primeiro caso”, comentou referindo-se ao banco, “a InfoApp está orientada para os desafios relacionados com o acompanhamento e desenvolvimento da atividade comercial do banco nos vários segmentos em que opera, incluindo o chamado retalho, empresas, etc.”. Relativamente à MEO, o gestor disse que “existem várias InfoApp em operação mas essencialmente relacionadas com a monitorização das redes e dos SLAs de serviço prestado e com a gestão do relacionamento com as equipas internas e os parceiros que intervêm na resolução de falhas detetadas”.

O executivo alvitrou que “o retalho é um setor em profunda transformação já que há todo um conjunto de desafios desde a comunicação e marketing, à organização e gestão do ponto de venda (e do que se vende), passando pela cadeia logística e mesmo no planeamento não só da produção mas também das abordagens aos mercados”. Desta forma, é necessário a adoção de ferramentas de análise de dados, como as InfoApps, que permitam às empresas um acesso democrático à informação, e para que todos os níveis hierárquicos possam tomar decisões mais acertadas e fundamentadas, agilizando e tornando mais eficaz todo este processo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor