Ilustrador português cria banda desenhada com Galaxy Note 3

Mobilidade

A Samsung Portugal desafiou o ilustrador português Ricardo Cabral a “trocar o lápis e o papel” por um Galaxy Note 3 com o objetivo de criar uma banda desenhada. Ricardo Cabral deu “asas à imaginação” e nasceu o “Caso Doca 21”, uma “história cativante” com personagens reais, que a Samsung recrutou nas ruas de Lisboa.

A Samsung Portugal desafiou o ilustrador português Ricardo Cabral a “trocar o lápis e o papel” por um Galaxy Note 3 com o objetivo de criar uma banda desenhada.

Galaxy Note 3Ricardo Cabral deu “asas à imaginação” e nasceu o “Caso Doca 21”, uma “história cativante” com personagens reais, que a Samsung recrutou nas ruas de Lisboa.

O ilustrador colocou o novo Galaxy Note 3 e as suas ferramentas, como a S-Pen, ao serviço da criatividade e desenhou a banda desenhada que conta a história de uma jovem repórter fotográfica que tenta decifrar o lado obscuro das obras de arte. A esta personagem juntam-se Sebastião, senhor Matias, senhora Camila e o humorista português Nuno Markl, que assume o papel de “Agente Mendonça”.

O Galaxy Note 3 apresenta a caneta S-Pen com níveis de precisão elevados que foi especialmente concebida para ser totalmente eficiente enquanto “elo de ligação” entre o smartphone e o utilizador, garantido assim uma maior criatividade.

Ricardo Cabral deu, assim, vida a uma banda desenhada, trocando os lápis e o caderno por um Galaxy Note 3, onde construiu todas as suas ilustrações.

O “Caso Doca 21” está disponível na página do Facebook da Samsung.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor