Iki Mobile anuncia abertura da primeira fábrica em Portugal no verão de 2017

EmpresasMobilidadeNegóciosSmartphones

Ontem, em Coruche, o CEO da Iki Mobile, Tito Cardoso, anunciou a primeira fábrica da empresa que deve iniciar operações entre julho e agosto deste ano. A revelação aconteceu em pleno montado, no coração da capital mundial da cortiça, em estreita ligação à marca que possui o primeiro telemóvel do mundo que incorpora este material.

A unidade fabril, que se vai situar muito perto do local onde decorreu a conferência de imprensa, irá ter cerca de 700m2 para área administrativa e 1400m2 para produção e assemblagem dos equipamentos da marca.

A abertura da fábrica da Iki Mobile, que terá uma área de desenvolvimento de produto, acontece entre julho e agosto, sendo que as primeiros telemóveis produzidos na mesma deverão estar prontos em setembro de 2017. O CEO da empresa portuguesa disse que nestas instalações se vai trabalhar a área da cortiça a “nível científico”, para aproveitamento do material para outros componentes dos telemóveis e no embalamento dos mesmos.

Futura fábrica da Ikimobile em Coruche
Futuras instalações da fábrica da Ikimobile em Coruche

De acordo com o executivo, a construção das instalações da fábrica vai corresponder a um “investimento de 1,6 milhões de euros provenientes de capitais próprios” e terá entre 40 a 50 pessoas a trabalhar, dos quais 30 serão engenheiros ligados a diversas áreas.

Tito Cardoso referiu, ainda, que a Iki Mobile quer “ser conhecida como uma marca de Coruche” e mencionou a presença no Mobile World Congress, em Barcelona, e os prémios conseguidos na feira, nomeadamente terem ficado no top 10 dos produtos mais inovadores. O executivo revelou que a marca vai estar presente na IFA, em Berlim.

O evento contou, igualmente, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Coruche, Francisco Silvestre de Oliveira, que falou de todo o potencial do município. A Iki Mobile “veio beber um pouco da nossa essência” apontou o responsável governativo, que considera o concelho tão empreendedor quanto a tecnológica que usa a matéria-prima típica da região nos seus dispositivos. 

Foi, também, anunciado que a Iki Mobile vai ser um dos patrocinadores da iniciativa 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias. 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor