IBM e OpenText em destaque no Quadrante Mágico ECM

Negócios
1 16 Sem Comentários

Há sete “líderes” no Quadrante Mágico da Gartner para 2015 no segmento ECM – Enterprise Content Management, mas duas estão em destaque este ano: a IBM e a OpenText. A consultora avaliou vinte empresas fornecedoras deste tipo de soluções e distinguiu ainda três visionários e dez empresas de nicho.

Microsoft, Oracle, Lexmark, Hyland e EMC completam a categoria “líder” no Quadrante Mágico da Gartner, uma classificação que demonstra o posicionamento gráfico de quatro tipos de fornecedores de tecnologia, em mercados onde o crescimento é elevado e há uma diferenciação do fornecedor. 

O mercado ECM está a sofrer uma grande mudança, das grandes suites empresariais, as soluções de negócio focadas em fornecer valor acrescentado, em determinadas utilizações”, diz a Gartner. O relatório sublinha que as três principais formas de utilização destas soluções são a gestão de conteúdos transacionais, gestão de registos e compliance, e cenários de ambientes digitais, “em que o consumo e os trabalhos não rotineiros interromperam a estratégia de gestão de conteúdo tradicional, o que requer uma abordagem mais ampla e ágil da gestão de conteúdo.”

Os fornecedores posicionados no campo “líder” são os que têm a combinação mais alta de abrangência de visão e capacidade de execução. No contexto do ECM, são os que “têm fortes parceiros de canal, presença em múltiplas regiões, um desempenho financeiro consistente, amplo suporte de plataformas e um bom sistema de apoio ao cliente”, escreve a Gartner. A consultora analisa implementações empresariais e integração com outras aplicações de negócio, entre outras, para finalizar a classificação. “Os líderes devem conduzir à transformação do mercado”, determina.

Do lado dos utilizadores, a Gartner diz que soluções ECM podem ajudar as empresas a “controlarem” os seus conteúdos, e que em 2015 houve um foco especial na necessidade de extrair e analisar o conteúdo, para utilização interna ou externa. “Os vendedores que têm um relacionamento próximo com um fornecedor de análise, e que têm análise ou pesquisa integrada obtêm melhores resultados nestas áreas.”

Entre os visionários estão a Xerox, Alfresco e Newgen Software. Curiosamente, não aparece nenhuma empresa no campo dos que desafiam a liderança, os “challengers.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor