IBM leva nova era da computação cognitiva a todos os setores de negócio

Business IntelligenceCloudData-StorageEscritórioMac

A IBM vai disponibilizar, pela primeira vez, o super sistema Watson como uma plataforma de desenvolvimento aplicacional em ambiente cloud computing. As capacidades de computação cognitiva do Watson passam assim a estar ao serviço de fornecedores de software. A empresa norte-americana anuncia que a sua próxima aventura é levar a nova era da computação cognitiva

A IBM vai disponibilizar, pela primeira vez, o super sistema Watson como uma plataforma de desenvolvimento aplicacional em ambiente cloud computing. As capacidades de computação cognitiva do Watson passam assim a estar ao serviço de fornecedores de software.

IBM_1A empresa norte-americana anuncia que a sua próxima aventura é levar a nova era da computação cognitiva a todos os setores de negócios através da cloud, tendo como objetivo estimular a inovação e impulsionar o aparecimento de um novo ecossistema de fornecedores de software para aplicações empresariais que vão desde startups a empresas já estabelecidas.

A IBM anunciou também que irá criar um novo mercado na área de cloud  que atuará como uma “Caixa de Pandora” de novos recursos que podem ser utilizados no desenvolvimento de aplicações que tirem partido da inteligência artificial do sistema cognitivo Watson. A oferta inclui um conjunto de ferramentas de programação, tutoriais e o acesso ao interface de programação aplicacional do Watson (API) e a uma rede de especialistas, designers, programadores e fornecedores de conteúdos.

A empresa informática aposta fortemente no Watson, representando este a primeira vaga de sistemas da nova era de computação, a era cognitiva. Esta nova geração tem em vista conseguir obter a capacidade de transformar radicalmente a indústria das Tecnologias da Informação, tal como os computadores programáveis o fizeram há mais de 60 anos.

A empresa irlandesa Fluid e as norte-americanas Welltok e MD Buyline, parceiras de negócio da IBM das indústrias do retalho e da saúde, já criaram aplicações com as capacidades inovadoras do Watson.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor