IBM EX.I.T.E. fomenta escolha de carreiras nas TIC em Viseu

GestãoInovaçãoProjetos

A 13ª edição do EX.I.T.E. (EXplorar os Interesses pela Tecnologia e pela Engenharia) teve lugar durante a semana passada em Viseu e juntou 34  jovens raparigas, com idades entre os 11 e os 13 anos, de vários agrupamentos de escolas da cidade. A iniciativa tem como objetivo promover carreiras em ciência e na tecnologia.

Com o mote “Hoje Explorar, Amanhã Conquistar!”, o evento realizou-se entre os dias 3 e 7 de julho no Instituto Politécnico de Viseu, numa colaboração entre a IBM Portugal, a Câmara Municipal de Viseu e a instituição de ensino. 

Durante cinco dias, as participantes realizaram uma série de atividades que foram desde a construção e programação de um robô em lego à construção de um jogo interativo com recurso a linguagem Scratch. Além disso, as jovens realizaram visitas ao Laboratório de Robótica do Departamento de Electrotecnia da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viseu e à empresa Movecho.

“Despertar e sensibilizar as jovens para as áreas das tecnologias e das ciências, assim preparando as novas gerações para as profissões do futuro, é um esforço que devia mobilizar a sociedade. No quadro da estratégia de desenvolvimento de Viseu, o Município só podia associar-se, com orgulho, a esta aposta da IBM na nossa cidade”, refere Almeida Henriques, Presidente da Câmara Municipal de Viseu. 

António Raposo de Lima, Presidente da IBM Portugal, refere que “para a IBM é com espírito de missão que procuramos contribuir para que um maior número de raparigas, em idades de opção académica e vocacional, desenvolva o interesse por áreas científicas e tecnológicas. E é por isso mesmo que realizamos esta iniciativa há 13 anos consecutivos.”

A tecnológica organiza o EX.I.T.E. Camp em todo o mundo desde 1999, tendo o projeto chegado ao nosso país em 2005, no âmbito dos programas de Cidadania Corporativa da empresa. 

“Segundo estudos internos, 85% das raparigas de todo o mundo que participaram no EX.I.T.E. Camp manifestaram interesse em optar por cursos de cariz mais técnico no momento de ingressar na universidade, o que nos motiva para continuarmos”, acrescenta o executivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor