IBM desenvolve software de armazenamento na cloud

Business IntelligenceCloudData-StorageSoftwareStorage

A IBM está a desenvolver um software que vai permitir às empresas usarem vários serviços de armazenamento em cloud alternadamente, reduzindo a dependência de um fornecedor cloud único e garantindo que os dados permanecem disponíveis durante falhas no serviço. InterCloud Storage é o nome do software que está a ser desenvolvido pela IBM. A empresa

A IBM está a desenvolver um software que vai permitir às empresas usarem vários serviços de armazenamento em cloud alternadamente, reduzindo a dependência de um fornecedor cloud único e garantindo que os dados permanecem disponíveis durante falhas no serviço.

intercloud-storage-ibm-research-flickrInterCloud Storage é o nome do software que está a ser desenvolvido pela IBM. A empresa norte-americana já está a convidar os seus clientes para testarem o seu novo projeto.

A IBM vai integrar o software no seu portefólio de armazenamento empresarial, onde permite fazer backup dos dados para a cloud. Para o seu funcionamento, a atual iteração em teste necessita de um sistema de armazenamento IBM Storewize.

Segundo o líder da equipa de investigação de sistemas de armazenamento da IBM em Zurique, Thomas Weigold, o ICStore foi desenvolvido para responder às solicitações dos clientes. O novo software foi criado no centro de pesquisa da IBM na Suiça.

“Os clientes estão interessados em serviços de armazenamento na cloud mas estão preocupados em confiarem os dados a fornecedores terceiros, tanto em termos de segurança como fiabilidade do serviço”, refere Thomas Weigold.

Já diversos fornecedores de software oferecem recursos semelhantes de corretor, de armazenamento na cloud, mas ainda estão todos em estados de finalização, nomeadamente o Deltacloud, da Red Hat, e a Public Cloud, da Hewlett Packard.

De acordo com Alessandro Sorniotti, investigador de segurança e de sistemas de cloud da IBM, o ICStore é “mais flexível do que outras abordagens”.

“Damos aos nossos clientes a capacidade de selecionar para onde vai o que ele quer, dependendo da sensibilidade e relevância dos dados”, disse o investigador, acrescentando que os clientes podem armazenar uma cópia dos seus dados num fornecedor e uma cópia de backup noutro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor