IBM demonstra fenómeno quântico à temperatura ambiente

Business IntelligenceData-StorageEmpresasNegócios

Cientistas da IBM Research demonstraram, pela primeira vez, o funcionamento de um complexo fenómeno da mecânica quântica conhecido como Condensado de Bose-Einstein à temperatura ambiente e a partir de um polímero luminescente, semelhante ao material de ecrã usado em muito smartphones. Esta descoberta pode ser aplicável no desenvolvimento de novos dispositivos optoeletrónicos, incluindo lasers mais

Cientistas da IBM Research demonstraram, pela primeira vez, o funcionamento de um complexo fenómeno da mecânica quântica conhecido como Condensado de Bose-Einstein à temperatura ambiente e a partir de um polímero luminescente, semelhante ao material de ecrã usado em muito smartphones.

IBMEsta descoberta pode ser aplicável no desenvolvimento de novos dispositivos optoeletrónicos, incluindo lasers mais eficientes em termos energéticos e interruptores óticos ultrarrápidos, os quais são componentes críticos para futuros sistemas de processamento de cargas de trabalho Big Data.

São importantes elementos base para controlar o fluxo de informação entre futuros chips que podem acelerar significativamente o seu desempenho ao usar muito menos energia. A utilização de plástico e a comprovação do fenómeno em questão à temperatura ambiente proporcionam vantagens substanciais em aplicabilidade e de uma forma economicamente viável.

Segundo a IBM, os seus cientitas em todo o mundo estão focados num “ambicioso programa de computação em muito larga escala, que visa o desenvolvimento de sistemas capazes de processar massivas cargas de trabalho de dados, de forma cinquenta vezes mais rápida do que acontece hoje”.

Um sistema com esta capacidade, segundo afirma a IBM, irá necessitar de interconexões óticas capazes de processar a alta velocidade de Petabytes a Exabytes de Big data, que irá permitir a análise com alto desempenho para redes energéticas, ciências da vida, business intelligence, entre outras.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor