IBM apresenta novos servidores Power Systems

Business IntelligenceData-Storage

A IBM deu a conhecer os novos servidores Power Systems, concebidos para lidar com o crescimento do volume de dados não estruturados gerados na nova era computacional e que incluem o processador POWER8, que tem a capacidade de movimentar este volume de dados críticos às aplicações de Cloud, Analytics, Mobile e Social. O anúncio foi

A IBM deu a conhecer os novos servidores Power Systems, concebidos para lidar com o crescimento do volume de dados não estruturados gerados na nova era computacional e que incluem o processador POWER8, que tem a capacidade de movimentar este volume de dados críticos às aplicações de Cloud, Analytics, Mobile e Social.

POWER8_IBM

O anúncio foi feito no evento POWER8 – Nova Geração de Sistemas Abertos, realizado em Lisboa e que contou com a presença de cerca de uma centena de clientes e parceiros de negócio.

A nova geração de sistemas escaláveis IBM POWER8 é resultado de um investimento de 2.400 milhões de dólares e o culminar de um processo de desenvolvimento e testes de mais de três anos.

A IBM anunciou igualmente três novas soluções otimizadas em PowerSystems para os requisitos específicos de Big Data/Analytics, Cloud e Mobile. Tirando proveito da relação entre grupos de desenvolvimento, as soluções criadas com BLU Acceleration e Hadoop da companhia exploram as características dos sistemas baseados em POWER8.

Os novos servidores incluem dois sistemas que executam exclusivamente Linux: os Power Systems S812L e S822L; e três modelos – S814, S822 e S824 – que proporcionam aos clientes a opção de executar em simultâneo múltiplos sistemas operativos, incluindo Linux, AIX e IBM i, viabilizando assim a consolidação de workloads e potenciais ganhos financeiros.

Refira-se igualmente que a IBM considera que “a abertura desta tecnologia ao mercado de fabricantes também é uma aposta única”. O OpenPOWER Consortium, liderado pela IBM, junta já dezenas de parceiros de referência em torno da construção de soluções inovadoras de Hardware, Software e Serviços, o que pretende demonstrar o compromisso da ‘Big Blue’ em investir em tecnologia aberta, com o propósito de proporcionar mais valor ao negócio dos seus clientes e parceiros. Este anúncio está em linha com o reforço do investimento da IBM, de mais de mil milhões de dólares, em soluções dirigidas para o OpenSource, patente também na nova linha de servidores POWER agora apresentada, com modelos exclusivos para o sistema operativo Linux, como referimos anteriormente.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor