IBM apresenta 20 soluções de analítica para 12 indústrias

Business IntelligenceData-StorageNegóciosSoftware

A IBM acabou de lançar uma série de novas soluções de analítica direcionadas para 12 indústrias, que de adaptam aos requisitos particulares de cada uma. A tecnológica coloca nas mãos destes setores ferramentas que lhes permitem extrair um maior valor dos dados que obtêm, fortalecendo os seus negócios e agilizando e otimizando os processos de

A IBM acabou de lançar uma série de novas soluções de analítica direcionadas para 12 indústrias, que de adaptam aos requisitos particulares de cada uma. A tecnológica coloca nas mãos destes setores ferramentas que lhes permitem extrair um maior valor dos dados que obtêm, fortalecendo os seus negócios e agilizando e otimizando os processos de decisão.

segurança analitica

As novas soluções da International Business Machines contou, aquando do seu desenvolvimento, com o apoio de organizações que, segundo a tecnológica, são nomes de peso em matéria de analítica avançada e que trabalham com a empresa para assegurar que esta vintena de novas tecnologias dá uma resposta acertada às necessidades de cada uma das indústrias. A Deloitte, a Urban Outfitters, a Bolsa de Santiago e o Adelaide Bank são algumas dessas entidades.

Para a indústria automóvel foi criada a solução Predictive Asset Optimization Capability, uma ferramenta de análise proativa que recorre a dados de diversas fontes para otimizar decisões operacionais, de manutenção, de reparação e de substituição de componentes.

Na área da Banca, a AML Monitoring and Analytics for Financial Services, a Multi-Channel Fraud Analytics e a Behavior-based Customer Insight operam, respetivamente, ao nível da mitigação de riscos de lavagem de dinheiro, da prevenção da fraude financeira e da personalização da experiência do cliente.

A Asset Analytics for Rotational Equipment foi a soluções desenhada pela IBM para a indústria química e petrolífera, e recorre à análise preditiva para antecipar quebras operacionais e potenciar a fiabilidade e disponibilidade de equipamentos críticos.

Na área de produtos de consumo, a empresa tecnológica criou uma solução que pretende estudar os comportamentos de consumo dos clientes e as suas reações a determinadas estratégias de marketing. A Social Merchandising permite, desta forma, aumentar a eficiência operacional das empresas que querem chegar até um certo grupo de consumidores.

A Asset Analytics for Transmission and Distribution está direcionada para a indústria da energia e dos serviços e tem como propósito oferecer uma visibilidade de 360 graus sobre os ativos, aumentando a eficiência operacional.

No segmento financeiro, a Regulatory Compliance and Control e a Trade Compliance Analytics possibilitam, respetivamente, uma melhor gestão de risco e da conformidade regulatória e uma visão integral do mercado, com recurso a capacidade de analítica.

Na esfera dos seguros, a IBM Analytics Insurance Solution permite obter um maior conhecimento do cliente e reduzir a taxa de desistência, a Producer Life Cycle and Credential Management ajuda as seguradoras a automatizar processos, e a Property & Casualty Claims Fraud possibilita uma identificação mais eficiente e precisa de incidentes de fraude.

Ao nível das entidades governamentais, a IBM concebeu a Threat Intelligence Analysis for National Security and Defense, que ajuda a “desenterrar” correlações em grandes volumes de dados quase em tempo real, e a COPLINK for Law Enforcement, que coloca ao dispor dos analistas judiciários ferramentas de partilha transjurisdicional de dados.

Para os media e players da área do entretenimento, a IBM desenvolveu a Behavior-based Audience Insight para um melhor conhecimento dos seus públicos-alvo e mais eficientemente criarem campanhas publicitárias e de marketing e novos conteúdos.

A Lift Analytics ajuda o setor do retalho a determinar o impacto de produtos e categorias individuais nas receitas, melhorando os resultados de estratégias de marketing e de planeamento de stocks. Por outro lado, a Social Merchandising, à semelhança do que acontece no ramo dos produtos de consumo, permite extrair informações relativas aos clientes e à recetividade de dado produto ou segmento de produtos.

Olhando para o universo das telecomunicações, a IBM lançou a Customer Experience Analytics, que ajuda os fornecedores de serviços a melhorar a experiência de utilização, e a Behavior-based Customer Insight, para descobrir fatores que levam clientes a desistir de certo serviço.

Por fim, uma solução de Behavior-based Customer Insight foi também desenvolvida para a área da gestão de património. A tecnologia permite uma segmentação avançada de clientes com base nos seus perfis comportamentais e ajuda a antever eventos recorrendo à análise do histórico da pessoa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor