IBM acusa Twitter de violar patentes

Business IntelligenceData-StorageEmpresasNegócios

O Twitter é acusado de violar três patentes da IBM. A empresa informática norte-americana pretende entrar em acordo com a rede social. As patentes da IBM dizem respeitos à recuperação eficiente de URL e publicidade e a queixa chegou poucos dias antes da oferta inicial de ações (IPO em inglês). A rede social revelou que

O Twitter é acusado de violar três patentes da IBM. A empresa informática norte-americana pretende entrar em acordo com a rede social.

e-online-twitter-hackAs patentes da IBM dizem respeitos à recuperação eficiente de URL e publicidade e a queixa chegou poucos dias antes da oferta inicial de ações (IPO em inglês). A rede social revelou que a recuperação eficiente de URL é um “método para apresentar publicidade num serviço interativo”.

A queixa da IBM chega pouco antes da abertura de capital do Twitter, que deve acontecer ainda durante esta semana, em princípio amanhã ou quinta-feira. A rede social revela que não há como ter a certeza de que será bem sucedida na defesa contra as alegações ou para chegar a um acordo que seja satisfatório.

Nos últimos documentos enviados pelo Twitter à Securities and Exchange, a rede social informou que a IBM entrou com um processo contra a empresa alegando a infração de três das suas patentes.

A empresa informática convidou o Twitter para uma reunião com vista a entrar em acordo para a resolver esta situação.

As três patentes que a IBM acusa a rede social de ter violado são um sistema de recuperação eficiente de localizadores de recursos uniformes, um método para apresentar anúncios num serviço interativo e um sistema de descoberta programática de contactos comuns.

O Twitter afirma no documento enviado à Securities and Exchange que tem como se defender das alegações da IBM mas que não tem nenhumas garantias de sair vitorioso numa disputa judicial ou que chegará a um acordo com a empresa.

Tanto a companhia informática como a rede social não se manifestaram oficialmente sobre este caso mas especialistas já afirmaram que tal não prejudicará o IPO do Twitter.

Em nota enviada à Securities and Exchange Commission, a rede social afirmou que deve obter com as vendas das ações, cerca de 1,2 mil milhões de euros ou aproximadamente 1,38 mil milhões se forem exercidas todas as opções de compra de ações adicionais.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor