IBM: a nuvem híbrida está a tornar-se no ‘novo normal’

Negócios
0 1 Sem Comentários

A nuvem é um dos elementos chave da “nova” IBM, que se declara agora uma fornecedora de soluções cognitivas e plataformas cloud. No arranque da conferência PartnerWorld em Orlando, a empresa sublinhou a importância da nuvem híbrida na massificação da plataforma.

“A nuvem híbrida está a tornar-se no novo normal”, afirmou o vice-presidente sénior da divisão IBM Cloud, Robert LeBlanc, na sua apresentação. “A nuvem não é um destino, é uma alavanca”, sublinhou, referindo uma previsão recente da consultora IDC – de que 80% das empresas vão comprometer-se com uma arquitetura de nuvem híbrida em 2017.

Outro dado referido por LeBlanc é que dois terços dos CXO (chief experience officer) estão a experimentar novos modelos de negócio através da nuvem, ou a considerar essa hipótese. “A conversação da nuvem está a mudar. Agora é sobre transformação digital”, frisou o executivo, repetindo algo que todos os responsáveis da IBM disseram neste evento.

LeBlanc também fez um resumo do investimento estratégico que a gigante tem feito nesta área: lançou 65 novos serviços na nuvem em 2015 e abriu 8 novos centros de dados. “Estamos a adicionar 15 mil novos utilizadores Bluemix por semana”, revelou o responsável, caracterizando a IBM como “fornecedor número um de nuvem privada e híbrida para o ambiente corporativo.”

Outro ponto interessante da apresentação foi em torno da segurança e soberania sobre os dados, um tema que tem ganho destaque especialmente fora dos Estados Unidos. As empresas querem usar a nuvem, mas precisam de ter a certeza de que mantêm o controlo sobre os seus dados e que estes estão seguros fora do controlo ‘on premise’.

“A nuvem está a mover-se muito rapidamente para ser uma plataforma para a inovação, não um destino”, concluiu LeBlanc. “Muitos parceiros estão a ter bons resultados para os seus clientes hoje. A nuvem não é algo que vai acontecer, está a acontecer.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor