Huawei quer reforçar segmento de smartphones e apostar em IoT

MobilidadeSmartphones

Para o CES 2015 a Huawei levou consigo mais de uma centena de produtos. Durante o evento internacional de eletrónica de consumo, a tecnológica chinesa demonstrou que as suas maiores apostas incidem agora sobre smartphones, soluções de mobilidade e Internet das Coisas. No decorrer daquele que é considerado o maior evento tecnológico do mundo, a

Para o CES 2015 a Huawei levou consigo mais de uma centena de produtos. Durante o evento internacional de eletrónica de consumo, a tecnológica chinesa demonstrou que as suas maiores apostas incidem agora sobre smartphones, soluções de mobilidade e Internet das Coisas.

huawei 2015

No decorrer daquele que é considerado o maior evento tecnológico do mundo, a Huawei deu a conhecer os membros mais recentes da sua linha high end de smartphones: o Huawei P7, o Huawei Mate 7, o Huawei Honor 6 e o Huawei Honor 6 Plus. Seis meses após ter sido lançado, em maio de 2014, o P7 contava já com quatro milhões de unidades vendidas.

Parece que os telemóveis, nomeadamente das gamas alta e média, continuam a liderar o fortalecimento da marca, tendo a Huawei registado um crescimento de 13 por cento de 2013 para 2014.

O diretor executivo da empresa chinesa, Richard Yu, afirmou que a empresa tem vindo a reforçar a sua aposta em produtos premium, e que os telemóveis continuam a ser o combustível da Huawei, “com as vendas de smartphones a revelarem um aumento de 30 por cento para mais de 11,8 mil milhões de dólares”.

Falando do futuro, Yu referiu que a Huawei vai focar parte significativa dos seus esforços na exploração da esfera da Internet das Coisas e estudar as oportunidades associadas aos emergentes connected cars. Contudo, a empresa continuará empenhada na cimentação do seu segmento de smartphones.

Reconhecendo que smart não são só os telemóveis, a Huawei apresentou também produtos de domótica que visam tornar as casas mais inteligentes. Ainda no âmbito da Internet das Coisas, a fabricante chinesa desenvolveu o adaptador PT500, que potencia o sinal de Internet, à semelhança do WS331C.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor