Huawei com crescimento de 35% em 2015

MobilidadeRedesSmartphonesSoftwareTablets
0 0 Sem Comentários

A chinesa Huawei Technologies prepara-se para reportar um crescimento acima do esperado nas receitas de 2015, com um bom desempenho das várias unidades de negócio. A subida de 35% é bastante superior ao crescimento de 20% que tinha previsto no início do ano.

O CEO da Huawei, Guo Ping, afirmou esta quinta-feira que espera reportar um volume de negócios de 390 mil milhões de yuans, ou 55 mil milhões de euros, cita a Reuters. É um marco que aproxima  a empresa mais rapidamente que o esperado de um objetivo estabelecido há pouco tempo: o de atingir 65 mil milhões de euros em receitas em 2018. Também reflete um crescimento superior ao registado em 2014, que se ficou nos 21%.

A fabricante de equipamentos de redes, software empresarial, smartphones, tablets e outra eletrónica de consumo reportou ainda assim uma margem operacional de 18% no primeiro semestre do ano, um pouco inferior aos 18,3% do mesmo período de 2014.

Guy Ping é um dos três executivos que assumem o cargo de CEO de forma rotativa, de seis em seis meses. Trata-se de um sistema implementado em 2011 que parece estar a funcionar bem. Neste momento, a Huawei compete com a Ericsson pela liderança do mercado de infraestruturas de comunicações e deu um salto gigante no segmento de smartphones. Os dados da IDC para o terceiro trimestre mostram um crescimento de 60,9% em relação ao mesmo período de 2014, de longe o melhor desempenho do mercado móvel, com a venda de 26,5 milhões de unidades. A Huawei ocupa assim o terceiro lugar na tabela de maiores fabricantes mundiais de smartphones, a seguir à líder Samsung e à norte-americana Apple.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor