HTC desmente fusão com a ASUS

Negócios

A HTC declarou que não está em negociações com a ASUS relativamente a uma fusão. A fabricante taiwanesa de smartphones desmente os rumores que deflagraram pelos media e que foram suscitados pelos comentários do presidente do conselho de administração da ASUS durante a sua conferência anual. O chairman Jonney Shih, que foi também responsável pela

A HTC declarou que não está em negociações com a ASUS relativamente a uma fusão. A fabricante taiwanesa de smartphones desmente os rumores que deflagraram pelos media e que foram suscitados pelos comentários do presidente do conselho de administração da ASUS durante a sua conferência anual.

HTC-One-M9-Camera-leak

O chairman Jonney Shih, que foi também responsável pela direção executiva da ASUS entre 1993 e 2008, sugeriu, na semana passada, que poderia estar a ser considerada a aquisição da HTC, cujas ações caíram a pique depois de ter diminuído as projeções dos seus lucros para o atual trimestre. No encalce das especulações, o valor das ações subiu dez por cento, segundo a Reuters.

Consta ainda que o diretor financeiro da ASUS, à agência noticiosa, disse que Shih terá falado, internamente, sobre a possibilidade de aquisição da fabricante de dispositivos móveis.

Mas parece, no entanto, que estas alegações pela escassez de fundamento, pois a própria HTC comunicou que não tinha sido realizado qualquer contacto com a ASUS relativamente a uma fusão, e que, ademais, não consideraria tal negócio.

A HTC fora, em tempos, responsável por um décimo do total de vendas de smartphones em todo o mundo. Contudo, foi atirada para a mó de baixo por gigantes como a Apple e a Samsung.

Apesar de saber-se agora que a alegada aquisição não passar de fogo-fátuo, este negócio seria, aparentemente, bastante benéfico para a HTC. De acordo com a entidade bancária HSBC, estima-se que as vendas de smarpthones da ASUS cresçam cerca de 89 por cento este ano, comparativamente a 2014.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor