HTC altera estratégia para se manter competitiva

EmpresasFinançasMobilidadeNegóciosSmartphones

A HTC deverá ter de cortar empregos e descontinuar modelos de smartphones como parte de sua estratégia para se concentrar em dispositivos de ponta para competir melhor com empresas como Apple e Samsung, avançou a agência Reuters.

Os cortes serão em todos os setores”, disse aos jornalistas vice-presidente financeiro, Chialin Chang, depois da HTC ter divulgado prejuízos para o segundo trimestre e previsto mais perdas para o terceiro. “Serão significativas”, esclareceu.

Chang disse que as reduções de custos irão estender-se até o primeiro trimestre de 2016, mas não quis dar mais detalhes.

Uma pioneira nos primeiros smartphones, a fabricante taiuanesa tem sido classificada por observadores da indústria como confusa, não original e não competitiva, avança a mesma agência de noticias.

A companhia tem perdido participação no mercado nos últimos anos, afetada pela forte competição no mercado de aparelhos de ponta com empresas como Apple e Samsung enquanto rivais chinesas de baixo custo também ofuscam suas ofertas mais baratas.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor