HP lança o primeiro servidor Moonshot com chip Intel Xeon

Escritório

A HP lançou, nesta quinta-feria, o seu primeiro servidor Moonshot com chip Intel Xeon. A empresa americana, no mês passado, já tinha lançado um sistema Moonshot com um processador ARM de 64 bits, tornando-se o primeiro fabricante a oferecer tal chip num servidor. Os engenheiros da Hewlett-Packard têm estado a trabalhar arduamente este ano adicionando

A HP lançou, nesta quinta-feria, o seu primeiro servidor Moonshot com chip Intel Xeon. A empresa americana, no mês passado, já tinha lançado um sistema Moonshot com um processador ARM de 64 bits, tornando-se o primeiro fabricante a oferecer tal chip num servidor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Os engenheiros da Hewlett-Packard têm estado a trabalhar arduamente este ano adicionando várias opções diferentes de CPU para Moonshot, que utiliza um design inovador para reduzir os requisitos de energia e espaço. Sendo em parte um grande esforço da CEO Meg Whitman para colocar a HP de volta ao caminho certo.

A empresa já ofereceu uma versão com processador Atom de baixo consumo da Intel e Xeon, e agora oferece uma opção para os clientes que querem muscular mais a parte de computação.

Com o nome de Moonshot ProLiant M710, o servidor usa um Xeon quad-core com o nome de E3-1284L v3. O chip também tem uma GPU integrada para fazer trabalhos leves de gráficos.

Relativamente à entrega das aplicações, a HP trabalhou com Citrix para usar o seu software XenApp, que pode transmitir os aplicativos do Office e outros programas para os utilizadores.

O M350, outro sistema Moonshot que também foi anunciado nesta quinta-feira, é destinado a provedores de hospedagem gerida e é o mais denso sistema da HP. Cada cartucho contém quatro processadores Atom C2730, oito núcleos, para um total de 1440 núcleos em um chassi.

Após um início lento para fazer nascer o Moonshot, a HP moveu-se rapidamente para oferecer sistemas para vários tipos de carga de trabalho. Alega-se que o Moonshot consome até 90 por cento menos energia e 80 por cento menos espaço em comparação com servidores de rack à moda antiga.

O ProLiant M710 baseado em Xeon custa a partir de 55.147 dólares e o m300 começa em 48,937, o M350 em 85.372 dólares. Os preços incluem 15 cartuchos de servidor, um chassis, um interruptor e três fontes de alimentação e outros componentes e software.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor