Hitachi regista altos desempenhos na tecnologia High-End e Flash

CloudData-StorageStorage

A solução Hitachi Virtual Storage Platform (VSP) G1000 da Hitachi Data Systems, parceira de negócio e representada em Portugal pela CESCE SI, ultrapassou o limite máximo de dois milhões de SPC-1 IOPS pela primeira vez em todo o mundo.

Desenvolvida especificamente para as cargas de trabalho empresariais mais exigentes em ambientes autónomos e de convergência, a configuração da Hitachi VSP G1000 possibilita que as organizações maximizem o retorno sobre os seus investimentos em tecnologia flash, proporcionando uma resposta previsível e de baixa latência, ao mesmo tempo que aceleram o desempenho aplicacional e melhoram os ambientes de virtualização de servidores, permitindo implementações a alta velocidade em clouds privadas.

Os resultados da performance foram apresentados por uma entidade de benchmark independente, para que os clientes possam planear, construir e gerir ambientes de alto desempenho com maior segurança e confiança. Os testes de SPC-1 foram concebidos para demonstrar as capacidades de desempenho de um sistema para cargas de trabalho, tais como aplicações business critical e ambientes OLTP.

O sistema VSP G1000 destaca-se assim com um débito de dados mais de 60 por cento superior e um terço do tempo de resposta com carga completa, mesmo comparado com sistemas de nicho baseados em DRAM. Para além de ser significativamente mais rápido, foi também o primeiro sistema de armazenamento de classe empresarial a alcançar a relação preço/desempenho SPC-1.

A tecnologia Hitachi VSP alcança, pelo segundo ano consecutivo, a mais alta pontuação global para um produto, para cada situação de utilização analisada, incluindo utilização geral, consolidação, OLTP, virtualização de servidores e VDI, analítica e cloud. Segunda a Gartner, a Hitachi Data Systems foi também classificada, em 2014, como líder no Magic Quadrant for General-Purpose Disk Arrays.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor