Here quer padronizar transmissão de dados de sensores de automóveis para a cloud

CloudEmpresasMobilidadeNegóciosProjetos

Os responsáveis pela unidade de mapeamento da Nokia, a Here, presidiram um encontro que reuniu, em Berlim, 16 grandes empresas da indústria automóvel, onde ficou acordado que é crucial estabelecer um formato único, comum a toda a indústria, de transmissão de dados dos sensores dos automóveis para as plataformas cloud, a fim de fazer evoluir o mercado dos carros autónomos.

A Here está prestes a cair nas mãos de um consórcio de automobilísticas liderado pela Audi, BWM e Daimler (proprietária da Mercedes-Benz), num negócio que deverá rondar os 2,8 mil milhões de dólares. Esta unidade da empresa finlandesa está a desempenhar um papel central no desenvolvimento do mercado dos carros autónomos.

Em junho, a Here divulgou um padrão para os sensores dos veículos conectados, permitindo que estes comuniquem diretamente com a cloud e com outros carros. Este padrão, que pretende tornar-se um denominador comum a toda a indústria automóvel, foi intitulado Sensor Ingestion Interface Specification.

Em nota de imprensa, a Here não se debruçou detalhadamente sobre os participantes, mas, de acordo com a Mobile World Live, a fabricante de pneus Continental esteve presente e é um dos apoiantes do padrão avançado.

O diretor executivo da Daimler, Dieter Zetsch, acredita que, ao ser comprada pela coligação de automobilísticas, a Here passará a ser uma plataforma aberta, atraindo outros players da indústria, como a Fiat Chrysler, a Peugeot ou a General Motors, entre outros. Esta captação de mais investidores foi o propósito que esteve na base deste encontro.

Foram discutidas também questões como a segurança e a privacidade dos dados transmitidos e a eficiência e precisão dessa mesma comunicação.

Dietmar Rabel, o diretor de gestão de produto para o segmento de condução autónoma da Here, acredita, como afirma em comunicado, que a capacidade de transmissão, em tempo real, de dados de sensores entre veículos na estrada exige uma colaboração profunda entre todos os elementos que compõem a indústria. Esta aliança tem como finalidade diminuir o número de sinistros rodoviários e aumentar a eficiência das deslocações, tendo como objetivo último dar à luz os tão aguardados carros de condução automatizada.

Citando um estudo da consultora SBD, a Here diz que, dentro de cinco anos, mais de 30 milhões dos veículos vendidos anualmente estarão equipados com sistemas de conectividade, dando origem a mais de 163 milhões de terabytes de dados todos os anos.

A Here revelou que, ao longo dos próximos tempos, vai procurar aliados para fortalecer o seu programa de padronização.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor