“Here” procura investidores para ganhar massa crítica

EmpresasNegócios

A “Here”, que se apresenta como alternativa aos mapas da Google e Apple, está à procura de novos investidores que integrem o consórcio BMW, Audi e Mercedes-Benz.

A empresa de mapeamento digital “Here” está à procura de novos membros. Depois de em agosto do ano passado os construtores alemães BMW, Audi e Mercedes-Benz terem pago 2,5 mil milhões de euros para comprarem os negócios de mapas de alta definição da Nokia, aparece agora haver interesse na integração de novos membros. Pelo menos foi o que disse à Reuters, em Lisboa, o presidente-executivo da Daimler, Dieter Zetsche.

“Se há companhias inidividuais que já estão levantando o dedo, então isso será rápido e satisfatório. Não acredito que demorará muito tempo até que a primeira empresa faça um compromisso vinculante de aderir”, afirmou Zetsche em um evento da Mercedes-Benz em Portugal.

A Here, que se apresentou como alternativa às aplicações de mapas da Google e Apple, precisa de investimento adicional para se tornar viável como ferramenta de navegação para veículos autónomos.

Ou seja, a entrada de mais elementos no consórcio distribuiria o custo entre mais membros e pode melhorar o volume de informações de tráfego.

 

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor