Henrique de Castro sai da Yahoo um ano depois

EmpresasNegócios

O Chief Operation Officer da Yahoo Henrique de Castro, recrutado pela CEO Marissa Mayer à Google pouco depois de ter tomado conta da empresa, vai sair da Yahoo cerca de um ano depois de ter entrado. A Yahoo não deu nenhuma razão oficial para o afastamento de Henrique de Castro mas num memorando interno pelo

O Chief Operation Officer da Yahoo Henrique de Castro, recrutado pela CEO Marissa Mayer à Google pouco depois de ter tomado conta da empresa, vai sair da Yahoo cerca de um ano depois de ter entrado.

Henrique de CastroA Yahoo não deu nenhuma razão oficial para o afastamento de Henrique de Castro mas num memorando interno pelo blog de tecnologia Recode, Marissa Mayer terá despedido o COO.

“Durante a minha reflexão, tomei a difícil decisão de que o nosso COO, Henrique de Castro, devia deixar a empresa”, escreveu Mayer no memorando. De forma oficial, a Yahoo recusou comentar.

A saída de de Castro marca uma mudança na liderança da Yahoo, enquanto Marissa Mayer continua a lutar para melhorar o negócio da empresa, ano e meio depois de ter tomado as rédeas da mesma.

Na altura da contratação de Henrique de Castro, a CEO estava a construir uma equipa de gestão para tentar reavivar as vendas e tráfego, tendo citado as competências de publicidade na Internet como um fator importante. O executivo português, conhecido pela conversa dura e pela forte personalidade, recebeu uma compensação de 58 milhões de dólares quando foi contratado.

O facto de Mayer ter conseguido contratar um executivo da Google foi visto, na altura, como um sinal de que a nova CEO tinha inspirado confiança na empresa. No entanto, as receitas da Yahoo desceram entre cinco a sete por cente nos primeiros três trimestre de 2013.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor