Helpouts da Google termina em abril

Software

O Helpouts da Google funcionará apenas até abril deste ano devido à falha nas previsões quanto ao sucesso da ferramenta. A empresa garante que os tutoriais até aí realizados poderão ser salvos através do Google Takeout. A ferramenta Hangouts da Google tem servido de estrutura para outros serviços e a empresa até anunciou, recentemente, estar

O Helpouts da Google funcionará apenas até abril deste ano devido à falha nas previsões quanto ao sucesso da ferramenta. A empresa garante que os tutoriais até aí realizados poderão ser salvos através do Google Takeout.

help
A ferramenta Hangouts da Google tem servido de estrutura para outros serviços e a empresa até anunciou, recentemente, estar a desenvolver um novo meio de suporte que deverá incentivar a compra de produtos da marca. No entanto, o Helpouts, também fruto de uma evolução do Hangouts, tem o fim anunciado para Abril.

Este serviço existe há pouco mais de um ano, tendo sido lançado em novembro de 2013, mas a Google explica que não terá atingido o crescimento que se antecipava e ao ritmo pretendido. A solução é encerrar a aplicação que, durante a sua existência, funcionou como uma ferramenta de tutoriais, realizados por especialistas que, numa conversa de video chat, resolviam as dúvidas dos utilizadores.

Estes tutoriais estavam disponíveis em duas modalidades, uma de acesso grátis e outra que requeria pagamento, mas a partir de 20 de abril, deixará de ser possível usufruir deste serviço de apoio. Ainda assim, para que os vídeos já realizados não se percam, os utilizadores poderão descarregar os tutoriais através do Google Takeout até dia 1 de novembro.

A justificação para esta falha nas previsões poderá estar num serviço da própria empresa. O número de vídeos que disponibilizam aulas e conselhos carregados no YouTube, plataforma com milhões de utilizadores, poderá ter contribuído para a falta de sucesso do Helpouts que, apesar de garantir o conhecimento de especialistas numa conversa privada, parece não ter conseguido competir com o número de tutoriais grátis presentes na mais popular plataforma de partilha de vídeo.

Numa publicação no blog da Google, a empresa explica que “a comunidade Helpouts inclui alguns contribuidores leais e comprometidos, mas infelizmente, não tem crescido ao ritmo esperado” e agradece tanto aos especialistas que partilharam os seus conhecimentos como aos utilizadores que precisaram de ajuda e decidiram perguntar.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor