Hackers roubam dados de 152 milhões de contas da Adobe

e-MarketingEmpresasNegóciosSegurança

A empresa de segurança LastPass afirmou ter descoberto várias informações de contas da Adobe. Os dados recolhidos íam desde palavras-chave a emails de cerca de 152 milhões de contas. Depois das informações avançadas pela LastPass, a Adobe já veio desvalorizar a situação. A porta-voz da Adobe, Heather Edell, deu a conhecer números diferentes daqueles que

A empresa de segurança LastPass afirmou ter descoberto várias informações de contas da Adobe. Os dados recolhidos íam desde palavras-chave a emails de cerca de 152 milhões de contas.

data_securityDepois das informações avançadas pela LastPass, a Adobe já veio desvalorizar a situação. A porta-voz da Adobe, Heather Edell, deu a conhecer números diferentes daqueles que foram apresentados pela LastPass, remetendo para o caso da semana passada, em que a empresa confirmou o roubo de dados de 38 milhões de contas.

A responsável da Adobe afirmou que havia 25 milhões de endereços de email inválidos e 18 milhões de passwords erradas, mas todos os utilizadores foram notificados sobre este desvio de dados.

Os responsáveis do LastPass explicam que encontraram estes dados num site frequentado por hackers e cibercriminosos.

O CEO, Joe Siegrist, revelou ainda que a Adobe não protegeu devidamente as passwords armazenadas. A empresa não terá usado uma técnica conhecida como “salting” e que implica acrescentar um código secreto a cada palavra-chave para tornar a identificação mais difícil.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor