Guia para pais sobre cyberbullying publicado este mês

Segurança
0 0 Sem Comentários

Três especialistas portugueses em segurança e crianças na internet publicam dia 21 um guia para pais e educadores para lidar com o problema do cyberbullying. As estimativas apontam para que 10% a 20% dos jovens portugueses sejam vítimas deste tipo de abuso online.

O guia, editado pela Plátano Editora, é da autoria de Tito de Morais – criador do site MiúdosSegurosNa.Net, Sónia Seixas e Luís Fernandes. O prefácio do livro “Cyberbullying – Um guia para pais e educadores” é de Daniel Sampaio. A publicação coincide com o Dia Nacional de Sensibilização Sobre o Cyberbullying, que se celebra a 21 de abril.

Os autores congregam entre si uma experiência “sem paralelo” em Portugal no domínio da prevenção, intervenção e combate ao bullying e cyberbullying, explicam em comunicado. Têm artigos e livros publicados sobre estas problemáticas e dinamizado ações de sensibilização e formação para crianças, jovens, pais, educadores e outros profissionais.

Este é o primeiro livro em Portugal sobre como identificar, prevenir, intervir e combater o cyberbullying. O seu alvo são famílias, escolas e comunidades, entre encarregados de educação, professores e outros profissionais que lidem com crianças e jovens.

Daniel Sampaio, professor catedrático de Psiquiatria e Saúde Mental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, sublinha que este é “um livro oportuno, muito útil a jovens, pais e educadores”, que apresenta informações pertinentes, fornece inúmeras ideias para reflexão e dá pistas concretas para a ação, “sem nunca cair em paternalismos ou em considerações passadistas.”

O lançamento vai decorrer na Fnac do Colombo, em Lisboa, ao final da tarde de quinta-feira da próxima semana. A apresentação será feita por Reginaldo Rodrigues de Almeida, professor universitário, jornalista, coautor e apresentador do programa televisivo “Falar Global”,  e de Manuel Coutinho, secretário-geral do Instituto de Apoio à Criança, coordenador do SOS Criança e Linha da Criança Desaparecida.

O livro está organizado em várias secções fáceis de usar, divididas por vários pontos:

  • O que é o cyberbullying e as diferenças relativamente ao bullying
  • Como a comunicação mediada pelos ecrãs pode facilitar o cyberbullying
  • Como o cyberbullying se manifesta de diversas formas e meios
  • Quais os participantes no cyberbullying e que papéis desempenham
  • Quais os sinais de alerta do cyberbullying a que deve estar atento e quais as suas consequências
  • Que abordagens regulamentares, educacionais, parentais e tecnológicas, famílias, escolas e comunidades podem adotar para prevenir, identificar, intervir e combater o cyberbullying.

“Temos o dever de divulgar esta obra junto de jovens, pais e educadores, de modo que todos possam ter uma atitude ativa face a este problema dos nossos dias”, sublinha Daniel Sampaio.

O livro integra-se numa iniciativa mais vasta dos autores, que visa a informação, sensibilização e educação para lidar com o cyberbullying – incluindo um site de apoio ao livro, presença nas redes sociais, seminários, workshops, cursos presenciais e online e campanhas de sensibilização sobre o tema.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor