Growin cresce 150%, em relação a 2015

NegóciosStartup

A startup tecnológica portuguesa anunciou faturação no valor de 5 milhões, devido ao crescimento de 150% desde o seu nascimento, em 2015.

O objetivo da empresa que opera em custom development, PMO, serviços de outsourcing e nearshoring é atingir o valor de 7 milhões de euros em faturação este ano e contratar 40 colaboradores. Estes valores têm significado para a empresa pois tratar-se de ultrapassar o objetivo a que se propôs, de duplicar a faturação de 2 milhões de euros, do ano inicial.

Sónia Jerónimo, CEO da Growin disse em comunicado que “Estes números comprovam a relevância e o reconhecimento que o mercado nos concede, o que nos permitiu começar com uma equipa de 14 colaboradores e começar 2017 com 168.”.  Acrescenta que além dos valores, nos últimos anos ”Tornámo-nos uma employer brand, sendo o crescimento uma consequência e caminho natural para nós, com uma cultura organizacional assente em valores que são o pilar da nossa empresa, com raízes fortes e elevado sentido de pertença de cada um dos nossos colaboradores. Prova disso são os mais de 50% dos quadros contratados em 2016 provenientes de referências internas.”, sublinha.

Durante o último ano foram contratados 58 colaboradores nas áreas de Software Development, Project Management, Business Analysis, Business Inteligence, Data Science e Big Data, que colocou 168 pessoas nos quadros da empresa. Para 2017, o objetivo é “a contratação de 40 novos talentos”

O crescimento de 2016 refletiu também na abertura de um escritório no Porto, que reforça a presença da empresa no país e a aproxima das startups do Norte.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor