Google revela novo serviço de registo de domínios

Software

A gigante tecnológica Google está determinada em estender o seu longo e forte braço até ao setor do registo de domínios eletrónicos com o lançamento do seu novo serviço, embora ainda em versão beta, chamado Google Domains. O novo serviço do maior motor de pesquisa a nível mundial, anunciado ontem na página Google+ da empresa,

A gigante tecnológica Google está determinada em estender o seu longo e forte braço até ao setor do registo de domínios eletrónicos com o lançamento do seu novo serviço, embora ainda em versão beta, chamado Google Domains.

domínios

O novo serviço do maior motor de pesquisa a nível mundial, anunciado ontem na página Google+ da empresa, vai permitir a personalização de subdomínios, oferecer novas extensões de domínios assim que estas sejam disponibilizadas na Web, e possibilitar o acesso a uma centena de endereços de correio eletrónico por cada domínio.

Apesar de a Google oferecer a personalização dos URLs, a empresa não vai ela própria acolher o website. Dadas estas condições, a Google, mediante parcerias com empresas como a Wix, a Weebly, a Squarespace e a Shopify, vai apresentar aos utilizadores as ferramentas necessárias à construção dos seus websites.

“As empresas vão poder procurar, encontrar, comprar e transferir o domínio que melhor se adeqúe ao seu negócio, seja ele .com, .biz, .gov ou qualquer outro do vasto espectro de novos domínios que estão a ser lançados na Web”.

A intrusão da Google num oceano por ela nunca antes navegado pode, segundo alguns especialistas, ser causa de impactos verdadeiramente nefastos no serviço de registo de domínios GoDaddy, que há aproximadamente quinze dias revelou as suas intenções para apresentar um oferta pública inicial que poderá ser superior aos cem milhões de dólares.

Não obstante ter sob a sua alçada 57 milhões de domínios, açambarcando quase 30 por cento de todo o mercado de registo de domínios, a GoDaddy comunicara no início deste mês que sofrera, em 2013, perdas líquidas que rondavam os 200 milhões de dólares em receitas de 1,13 mil milhões de dólares.

Esperemos que a imiscuição da Google num mercado que começa a ganhar visibilidade não seja fruto de uma qualquer intenção gananciosa para derrubar a já bem estabelecida GoDaddy, mas que seja consequência da razão que oficialmente apresentou como epígrafe desta sua nova estratégia, o facto de 55 por cento dos negócios de pequenas dimensões não terem os seus próprios websites.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor