Google junta sistemas de pagamentos num só

Mobilidade

Quando se fala de serviços de pagamento, a Google contava com dois: Android Pay e Google Wallet. Mas agora, nasceu o Google Pay, a versão unificada dos dois serviços de pagamento da gigante de Mountain View.

Quando se fala de serviços de pagamento, a Google contava com dois: Android Pay e Google Wallet. Mas agora, nasceu o Google Pay, a versão unificada dos dois serviços de pagamento da gigante de Mountain View.

Pali Bhat, diretor de gestão de produtos para pagamentos na Google, explica que “se alguma vez pagou por mercearias com o Android Pay, utilizou o Chrome para preencher automaticamente as informações de pagamento, ou comprou uma aplicação no Google Play, então já experienciou algumas das maneiras como a Google vai ajudar os utilizadores a pagar pelas suas coisas online e nas lojas”.

“Durante o último ano, temos vindo a trabalhar para tornar estas experiências mais simples, seguras e mais consistentes”, explica Bhat. A nova marca vai começar a ser lançada nas próximas semanas através da Google e dos seus parceiros, como o Airbnb, por exemplo.

O Android Pay foi lançado pela primeira vez a 11 de setembro de 2015 e estava disponível para os smartphones Android a partir da versão 4.4 (KitKat) do sistema operativo. O sistema é semelhante aos pagamentos contactless, usados em vários países, mas com a diferença de ter autenticação de dois fatores.

Já o Google Wallet foi lançado pela primeira vez em maio de 2011 e foi desenvolvido em conjunto entre a Google e a Mastercard. O serviço permitia às pessoas enviar e receber pagamentos de outras pessoas através de dispositivos móveis ou computadores sem nenhum custo.

Os pagamentos móveis estão a ser tornar-se cada vez mais populares ao redor do mundo, muito por causa do facto de não ser necessário um grande investimento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor