Google e HP suspendem vendas de Chromebook 11

Escritório

A Google e a HP estão hesitantes em relação às vendas do Chromebook 11 depois de alguns utilizadores se terem queixado de sobreaquecimento do fornecimento de energia, um revés para os dispositivos que têm ganho vários consumidores. As empresas anunciaram, em comunicado, que iam suspender as vendas do portátil em várias lojas, tanto físicas como

A Google e a HP estão hesitantes em relação às vendas do Chromebook 11 depois de alguns utilizadores se terem queixado de sobreaquecimento do fornecimento de energia, um revés para os dispositivos que têm ganho vários consumidores.

Chromebook 11As empresas anunciaram, em comunicado, que iam suspender as vendas do portátil em várias lojas, tanto físicas como online, e aconselharam os clientes que tenham comprado o Chromebook 11 a evitar o uso do carregador e comprar um novo. A decisão vêm no seguimento de oito relatórios de sobreaquecimento, um deles menciona que o carregador derreteu.

“Estamos a trabalhar com a comissão de segurança de produtos de consumo para identificar a ação apropriada e fornecer informação adicional e instruções o mais cedo possível”, afirmaram as empresas, pedindo desculpa “pelo inconveniente”.

Portáteis com sobreaquecimento já causaram problemas no passado. Em 2006, a Dell e a Apple pediram de volta as baterias de portáteis feitas pela Sony por causa desse mesmo problema. O problema também afeta empresas como a Toshiba, Lenovo ou Fujitsu, entre outros.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor