Google e Intel unem esforços para acelerar atualizações Android

MobilidadeSO

Um programa de desenvolvimento padrão junta a Google e a Intel com um propósito comum: agilizar a disponibilização das mais recentes atualizações do sistema operativo Android aos utilizadores. Esta iniciativa pretende ser o início da desfragmentação da distribuição do software. Aquilo que, agora, pode demorar alguns meses passará a estar disponível em apenas duas semanas.

Um programa de desenvolvimento padrão junta a Google e a Intel com um propósito comum: agilizar a disponibilização das mais recentes atualizações do sistema operativo Android aos utilizadores. Esta iniciativa pretende ser o início da desfragmentação da distribuição do software.

Android

Aquilo que, agora, pode demorar alguns meses passará a estar disponível em apenas duas semanas. É esta a promessa da Google e da Intel que coloca em primeiro lugar a rapidez da atualização de novas versões e ferramentas do Android.

Uma parceria entre as duas empresas, e partindo do programa Reference Design for Android, deverá agilizar o processo para todos os equipamentos construídos sob este projeto. Os restantes tablets e smartphones continuarão na fila de espera para receber as últimas novidades.

Isto porque dependendo das especifidades de cada dispositivo também o software terá características diferentes e terá de ser adaptado para suportar cada um deles. Os utilizadores que usufruam de produtos com base em componentes Intel sairão, por isso, beneficiados deste acordo, embora, por agora, exista apenas um dispositivo para esse efeito, um tablet da Cloudfone.

No entanto, a Intel assegura que outras empresas estão a trabalhar tendo por base as especificações do Reference Design for Android aumentando, por isso, o número de ofertas disponíveis para os consumidores.

O esforço da Google e da Intel surge num contexto em que os utilizadores anseiam e exigem que as mais recentes funcionalidades cheguem às suas mãos sem demoras. Doug Fisher, vice presidente senior de Software e Serviços da Intel, afirmou, num evento da marca, esta semana, que as duas empresas têm estado a trabalhar em conjunto para garantir a atualização dos dispositivos móveis.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor