Google e Foxconn vão construir fábrica operada por robots

EmpresasNegócios

A empresa Foxconn está em conversações com a gigante norte-americana Google para fechar um acordo de construção de fábricas totalmente automatizadas e que cuja finalidade é a montagem eletrónica de dispositivos. Caso o acordo seja estabelecido, a Google não só eliminará o trabalho manual, responsável pelos custos de produção da empresa, como também poderá competir

A empresa Foxconn está em conversações com a gigante norte-americana Google para fechar um acordo de construção de fábricas totalmente automatizadas e que cuja finalidade é a montagem eletrónica de dispositivos.

download

Caso o acordo seja estabelecido, a Google não só eliminará o trabalho manual, responsável pelos custos de produção da empresa, como também poderá competir diretamente com empresas como a Amazon na área do retalho.

A Google tem investindo cada vez mais na área de robótica. Só no ano passado, a empresa adquiriu oito empresas do ramo da robótica. Entre as aquisições, destaca-se a compra da Boston Dynamics, empresa de engenharia responsável pela pesquisa e desenvolvimento de robots para o Pentágono.

Segundo Wanli Wang, analista da CIMB Securities, “a Foxconn precisa de ajuda da Google para melhorar a automatização das fábricas. Quando houver esta automatização, os problemas humanos como as questões das injustiças salariais vão ser resolvidos”.

A Foxconn é a maior fabricante de componentes electrónicos e de computadores a nível mundial. O modelo de produção da empresa é baseado em contratos com outras empresas de tecnologia, como o Google e a Apple.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor