Google cria parceria com fabricantes de automóveis

MobilidadeNegóciosSO

A Open Automotive Alliance é um consórcio formado pela Google e por vários fabricantes de automóveis criado com o objetivo de desenvolver carros compatíveis com o sistema Android este ano. Deste grupo fazem parte a Audi, a General Motors, a Honda, a Hyunday e a Nvidia, que desenvolve placas gráficas e processadores para dispositivos móveis.

A Open Automotive Alliance é um consórcio formado pela Google e por vários fabricantes de automóveis criado com o objetivo de desenvolver carros compatíveis com o sistema Android este ano.

gty_google_self_driving_car_wy_140106_16x9_992Deste grupo fazem parte a Audi, a General Motors, a Honda, a Hyunday e a Nvidia, que desenvolve placas gráficas e processadores para dispositivos móveis.

O anúncio da Open Automotive Alliance coincide com o arranque da feira de tecnologia Consumer Electronic Show, que começou hoje em Las Vegas. As marcas de carros também marcam presença no evento.

O grupo continua aberto à entrada de outras marcas e anuncia que vai criar uma tecnologia para disponibilizar serviços online no carro e para permitir a integração entre os automóveis e os tablets e telemóveis Android do condutor e passageiros.

“Os condutores já estão a tentar aceder a serviços móveis quando estão na estrada, mas nem sempre de forma integrada ou segura”, lê-se no site do consórcio. Por este motivo, o objetivo do grupo é proporcionar estes serviços sem que a atenção seja desviada da estrada.

O anúncio da Open Automotive Alliance vem coincidir com o arranque de mais uma edição da feira de tecnologia Consumer Electronic Show (CES), que se realiza na cidade de Las Vegas. O CES 2014 começou hoje, mas já diversas empresas apresentaram novidades ontem.

No CES, as marcas apresentam produtos que esperam que se tornem tendências de consumo. No entanto, nem sempre isso acontece. Exemplo disso é a edição de 2010, quando os fabricantes de computadores tentaram promover o conceito de smartbook, uma espécie de híbrido de computador e telemóvel, que acabou esquecido quando a Apple lançou o iPad.

Os fabricantes automóveis também vão estar presentes na CES e esta edição vai contar com um número-recorde destas marcas, onde se incluem a BMW, Audi, Ford e Mercedes.

Os fabricantes têm tornado os carros mais compatíveis com os equipamentos pessoais que se tornaram omnipresentes, têm criado funcionalidades para aproveitar o potencial de uma ligação à Internet e estão a usar tecnologia para disponibilizar vários tipos de sistemas de assistência à condução ou mesmo para desenvolver carros capazes de se conduzirem sozinhos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor