Google anuncia Accelerated Mobile Pages no AdWords e na pesquisa

e-MarketingPublicidade

A Google apresenta duas novas formas para melhorar o desempenho da publicidade através das Accelerated Mobile Pages (AMP), um projecto em código aberto para ajudar a tornar a experiência da web mais rápida.

A Google lançou um novo AdWords beta que permite utilizar as AMP como páginas de entrada (landing pages) para os seus anúncios na pesquisa. Outra novidade é que a empresa vai acelerar a velocidade dos anúncios servidos na Rede de Display Google através da mesma tecnologia usada nas AMP.

“O tempo de carregamento médio de uma página AMP na pesquisa Google não chega a um segundo. E se isto já não era suficientemente rápido, na semana passada, anunciámos que estas páginas estão agora duas vezes mais rápidas. Não é, por acaso, que as AMP tenham sido adoptadas de forma tão alargada – foram já publicadas mais de dois mil milhões de páginas AMP provenientes de mais de 900.000 domínios. Anunciantes como a Johnson & Johnson, Toll Brothers e o eBay assistiram já ao crescimento do envolvimento com a sua marca, direccionando as pessoas para páginas AMP, a partir dos resultados das pesquisas orgânicas” referiu Jerry Dischler, Vice President Product Management da empresa.

Segundo o comunicado, o AdWords beta vai permitir que o utilizadores passem a usufruir de páginas mais rápidas caso os anúncios estejam associados a landing pages AMP.

“Johnson & Johnson viu resultados muito bons nos testes das AMP com as nossas páginas de informação dos nossos produtos. Em páginas específicas, vimos a velocidade das páginas melhorar 10 vezes e as taxas de envolvimento crescerem 20%. J&J está já a perspectivar alargar a aplicação das AMP,” afirmou Paul Ortmayer, Senior Manager of Digital Analytics, Johnson & Johnson

Caso tenha interesse em participar no beta do novo Adwords poderá inscrever-se aqui.

Segundo a gigante tecnológica, além da experiência aprimorada, o rápido carregamento das páginas e, consequentemente, dos anúncios permite que as campanhas publicitárias atinjam o seu máximo potencial. 

“A partir de hoje, um número significativo de anúncios mostrados em páginas páginas AMP na Rede de Display da Google serão convertidos e disponibilizados no novo formato de anúncios AMP. Verificámos que estes anúncios carregam duas vezes e meia mais depressa do que os anúncios normais, mesmo quando são iguais. Isto garante que as suas mensagens são realmente vistas pelo publico-alvo e que a experiência dos utilizadores com a sua marca é uniforme”, acrescentou o executivo.

“Trazer a velocidade e o desempenho das AMP para a publicidade e para os anúncios vai ajudar as empresas a fazer campanhas mais eficazes e que acompanham as expectativas crescentes dos consumidores” finalizou o Vice President Product Management da Google.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor