Google adia lançamento do Android Wear 2.0 para 2017

AppsInovaçãoMobilidadeWearable
0 0 Sem Comentários

A Google decidiu adiar o lançamento da segunda versão de seu sistema operativo para vestíveis, Android Wear, para o início de 2017. A data prevista inicialmente era já no outono.

De acordo com a publicação no blogue de programadores Android, o programa de preview será alargado até “o início de 2017”, após recepção de muito feedback por parte da comunidade. Será também no próximo ano que os primeiros relógios inteligentes irão receber essa nova versão, Android Wear 2.0.

“Por favor, continuem a enviar-nos feedback”, pediu o Developer Advocate da Google, Hoi Lam, no comunicado.  Por enquanto, a empresa está a disponibilizar a preview 3 da próxima geração do sistema operativo, e pretende lançar uma quarta.

A preview agora disponível inclui várias novas funcionalidades. A mais importante é a adição da loja de aplicativos Play Store, em que os utilizadores poderão pesquisar apps usando comandos de voz, teclado virtual ou escrita “manual.” Também poderão trocar de conta de utilizador e instalar ou desinstalar aplicações mais facilmente.

A parte mais interessante é: se um utilizador quiser uma aplicação no seu relógio inteligente mas não no seu smartphone, poderá instalar apenas a versão de smartwatch. O Android Wear 2.0 torna o wearable mais independente, e os programadores poderão desenhar apps exclusivamente para os relógios inteligentes. É esse o ponto que a Google está a querer sublinhar com a nova geração, distinguindo os vestíveis Android Wear do Apple Watch.

Outra adição é a Smart Reply, a função de respostas rápidas e inteligentes que faz parte da plataforma Google Assistant – um assistente digital que a empresa lançará em breve. Essa funcionalidade está incluída, por exemplo, na nova app de mensagens Google Allo, e também no Hangouts.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor