Gmail proíbe anexos com JavaScript

Data-Storage
0 0 Sem Comentários

Além de evitar o envio de arquivos .exe, .bat e .msc, o serviço de e-mail da Google também vai atuar contra os  .js.

A partir de segunda-feira, dia 13 de fevereiro, a Google vai lançar uma nova luta para a segurança online.

O seu serviço de email, Gmail, vai começar a evitar que que os utilizadores anexem arquivos .js. Ou seja, arquivos JavaScript. Quando alguém o tentar fazer, um aviso explicará a razão do bloqueio, nomeadamente o potencial risco.

Estes tipos de arquivos engrossam a lista de anexos restringidos pelo Gmail, incluindo .exe, .bat e .msc.

Aqueles que precisam de “enviar arquivos .js por razões legítimas” terão que, em seguida, recorrer aos serviços do “Google DriveGoogle Cloud Storage ou outras soluções de armazenamento para compartilhar ou enviar material, explica a Google.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor