Gestão e virtualização destacam-se no negócio da Knowledge Inside

GestãoNegóciosResultados

O crescimento da Knowledge Inside, empresa portuguesa fornecedora de TI tem sido sustentado sobretudo na área de Management & Virtualization que, segundo por Daniel Oliveira, CEO da empresa, teve uma boa performance no início deste ano, tanto em negócios concretizados como em novos negócios ainda não faturados ou com data de decisão prevista para o

O crescimento da Knowledge Inside, empresa portuguesa fornecedora de TI tem sido sustentado sobretudo na área de Management & Virtualization que, segundo por Daniel Oliveira, CEO da empresa, teve uma boa performance no início deste ano, tanto em negócios concretizados como em novos negócios ainda não faturados ou com data de decisão prevista para o segundo trimestre. “A nossa área Cloud, com os serviços Niodo, também contribui para este crescimento, com um aumento de 23% face a igual período do ano passado.”

daniel

Os três primeiros meses do ano da Knowledge Inside correram “bem embora com indicadores diferentes consoante a análise”. Comparativamente com o período homólogo de 2013, a faturação subiu cerca de 3% e os resultados operacionais subiram 9%. “No entanto analisando o pipeline criado no primeiro trimestre e o negócio já fechado mas ainda não faturado, podemos afirmar que o trimestre foi positivo”.

Ou seja, Daniel Oliveira diz que basicamente a evolução do negócio tem ido ao encontro das nossas expectativas gerais “embora ainda longe do nosso objetivo para 2014. No entanto sabíamos à partida que o caminho para esse objetivo vai acelerando progressivamente ao longo do ano. Ou seja, o crescimento nestes meses iniciais deverá ser mais contido do que o crescimento esperado para o segundo semestre do ano”.

A expectativa é, por isso, grande, até porque existem vários negócios que a empresa espera concretizar nos próximos meses. “O Niodo (Cloud Solutions) e o Management & Virtualization, deverão continuar a ser as áreas de suporte ao crescimento, sendo acompanhadas pela área operacional de Service Desk”.

Para 2014, são vários os objetivos definidos em diferentes áreas. Aumento do volume de negócios em 15%, incluindo um aumento de 100% no Niodo. “Aumentar os resultados operacionais em 30%. Queremos aumentar a nossa equipa em cerca de 50%, estando atualmente numa fase de recrutamento para a área de suporte técnico e comercial. Aumentar a especialização nas áreas Cloud Solutions e Management & Virtualization. Estes são os principais objetivos que nos guiam este ano”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor