Generix Group reforça presença na Rússia

Negócios

O Generix Group abriu mais uma filial na Rússia, sendo esta a sexta entidade fora das  fronteiras francesas, de onde o grupo é originário. A empresa especializada no desenvolvimento de software para a Supply Chain diz que quer fazer chegar o seu know-how aos seus clientes na Rússia e aos agentes económicos locais, num país onde a logística é um grande desafio.

Em comunicado, a empresa diz que vão ser mais os 20 colaboradores que integrarão a estrutura que irá ter a denominação de Generix Rússia e é fruto de uma joint venture com a Accentis, empresa de consultoria na Rússia, especializada no setor da distribuição e logística e parceira da Generix Group desde 2014.

“Nos últimos dois anos, o nosso parceiro desenvolveu negócios em conjunto com as equipas da Generix e estruturou as atividades de consultoria e suporte das nossas soluções para a Supply Chain no mercado russo. Esta parceria permitiu-nos ser conhecidos pelos principais agentes económicos locais antes de nos instalarmos no país”, explica em comunicado Jean-Charles Deconninck, CEO do Generix Group. “Devido à grande aceitação das nossas soluções no mercado russo, decidimos com o Manager da Accentis, criar a Generix Rússia”.

Porquê a Rússia?

Com mais de 17.000.000 km² – o que a torna o maior país do mundo – o território Russo representa um grande desafio logístico para as empresas locais, assim como um mercado estratégico para a Generix Group.

“Tendo em mente uma estratégia de desenvolvimento internacional como a nossa, era inevitável abrir esta filial na Rússia. A sua geografia, o seu potencial económico e influência em todos os países da CEI justificam a nossa presença”, explica Jean-Charles Deconnivck.

A partir de Moscovo, a Generix Group acompanhará os seus clientes internacionais, como a Auchan, Metro, Danone, Lactalis, Leroy Merlin, assim como os seus clientes locais.

“Em última análise, o nosso objetivo na Rússia, bem como em outras áreas geográficas, é impor-nos como referência em todas as nossas linhas de produtos: Marketing de Vendas,  Colaboração Multi-Empresas e, naturalmente, Supply Chain”, afirma Jean-Charles Deconninck.

 

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor