Gastos globais com infraestrutura cloud atingirão mais de US$ 32 mil milhões em 2015

Cloud

É o que estima a consultoria IDC no seu estudo Worldwide Cloud Quarterly IT Infrastructure Tracker, que também constata que esse resultado foi impulsionado pela expansão da cloud pública.

De acordo com a pesquisa da IDC, os investimentos em infraestrutura de cloud privada em 2015 deverão crescer 15,8%, ano a ano, para US$ 12,1 mil milhões, enquanto os gastos com infraestrutura de cloud pública aumentarão em 29,6%, contabilizando US$ 20,5 mil milhões. O total do investimento global em cloud que deve totalizar US$ 32,6 mil milhões.

A consultoria espera que os gastos com infraestrutura de TI em nuvem em 2015 cresçam em todas as regiões, exceto na Europa Oriental e Central, em razão dos abalos políticos e económicos na região. Para todas as três tecnologias cloud – servidor, armazenamento e switch Ethernet – o crescimento dos gastos será superior a 20%, com os investimentos em servidores aumentando a uma taxa mais alta, de 25,5%.

Para os próximos cinco anos, a IDC espera que os gastos com infraestrutura de TI em cloud cresçam a uma taxa anual de 15,1%, atingindo US$ 53,1 mil milhões em 2019, representando 46% do total de gastos em infraestrutura de TI da empresa.

Os gastos com infraestrutura de cloud pública terão incremento a uma taxa maior do que os gastos com infraestrutura de TI em cloud privada,16,3% e 13,2% respectivamente. Em 2019, a IDC espera que os prestadores de serviços gastem US$ 33,6 mil milhões em infraestrutura de TI para entregar serviços de nuvem pública, enquanto os gastos com infraestrutura de TI em nuvem privada atingirão US$ 19,4 mil milhões.

* Solange Calvo é editora da B!T no Brasil.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor