Gartner prevê que serviços de segurança na cloud atinjam 5,9 mil milhões em 2017

CloudSegurança

De acordo com as estimativas da consultora, os serviços mundiais de segurança baseados na nuvem vão continuar a crescer, atingindo 5,9 mil milhões de dólares este ano, um aumento de 21% em comparação ao ano anterior. No entanto, esse valor deve chegar aos 9 mil milhões de dólares, em 2020.

“A Gestão de Acesso e Identidade (IAM) e segurança de web e e-mails continuam a ser  as três prioridades das organizações na cloud.  As ofertas emergentes estão entre os segmentos de rápida expansão e incluem capacitação de inteligência de ameaças, sandboxes de malware e encripatção de dados baseados na nuvem, gestão de proteção de endpoint, inteligência de ameaças e Firewalls para Aplicações da Web (da sigla em inglês WAFs)”, afirmou, em comunicado, Ruggero Contu , Diretor de Pesquisas do Gartner.

As PMEs vão ser as empresas que mais contribuem para o aumento da indústria da segurança na cloud, refere a consultora. Isto em virtude dos seus líderes e executivos estarem cada vez mais cientes dos perigos das ameaças cibernéticas. Além disso, a Gartner afirma que o setor também tem percebido que a adoção de aplicações na cloud  oferece oportunidades de redução de custos, principalmente nos equipamentos de segurança de energia e refrigeração baseados em hardware e no espaço utilizado nos Data Centers.

“A habilidade de alavancar controlos de segurança que são entregues, atualizados e geridos na nuvem – e, portanto, que implicam menos tempo e custo de implementação e manutenção – representam um grande valor para as organizações”, referiu o executivo.

Segundo a consultora, o crescimento do mercado de serviços de segurança baseados na nuvem apresenta tanto oportunidades como desafios para os fornecedores, com a necessidade de esses provedores se adaptarem para uma mudança do modelo de negócio.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor