Garmin com resultados positivos no segundo trimestre de 2014

Negócios

A Garmin anunciou os resultados do segundo trimestre de 2014, período em que alcançou uma faturação de 778 milhões de dólares e um crescimento de 12 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior. A análise dos números faz destacar a divisão de Fitness como a área que registou o maior crescimento no

A Garmin anunciou os resultados do segundo trimestre de 2014, período em que alcançou uma faturação de 778 milhões de dólares e um crescimento de 12 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior.

Garmin fitness

A análise dos números faz destacar a divisão de Fitness como a área que registou o maior crescimento no período em questão, com uma subida de setenta e nove por cento, ao passo que os segmentos de Aviação e Automóvel cresceram em onze por cento e dois por cento, respetivamente. Por sua vez, as áreas Outdoor e Náutico mantiveram-se estáveis no que concerne ao segundo trimestre de 2013.

“Estamos realmente orgulhosos pelos resultados obtidos neste período, em que conseguimos manter os valores num patamar bastante positivo, o qual começámos sem dúvida alguma a consolidar no trimestre anterior”, disse Salvador Alcover, Diretor-Geral da Garmin Iberia. Para o responsável, “tudo isto é o reflexo não só de um trabalho de equipa, mas também das grandes inovações em diferentes áreas em que a Garmin opera”.

“O objetivo centra-se agora em mantermos este ímpeto na segunda metade de 2014 e em lutarmos para chegar mais longe, a cada vez mais utilizadores e com produtos mais vanguardistas”, acrescentou o diretor-geral.

O segmento de Fitness apresenta um crescimento de setenta e nove por cento e uma faturação de 150 milhões de dólares. Este aumento deve-se sobretudo ao sucesso de vendas da pulseira VivoFitTM, bem como da recetividade no que diz respeito ao relógio desportivo Forerunner 15 e ao GPS para ciclismo Edge 1000.

Por sua vez, os resultados relativos aos segmentos Aviação, Automóvel e Náutico registaram também um aumento de onze por cento, dois por cento e um por cento, respetivamente. Pela mesma ordem, a receita em cada uma destas três áreas ascende a 97 milhões de dólares, 350 milhões de dólares e 73 milhões de dólares. Finalmente, mas não menos importante, o segmento Outdoor é o único a registar um ligeiro retrocesso durante o segundo trimestre de 2014, caindo um por cento face ao resultado registado no mesmo período de 2013, ainda que tenha mantido resultados na casa dos três dígitos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor