Garmin apresenta receitas de 743 milhões no terceiro trimestre de 2017

GestãoNegóciosResultados

A empresa revelou os resultados operacionais respeitantes ao terceiro trimestre de 2017, tendo registado um crescimento de 3% face ao mesmo período no ano passado, com receitas totais de 743 milhões de dólares. O desempenho evidencia a solidez financeira da Garmin.

Neste trimestre, a margem bruta aumentou para 58,4%, comparada com 56,2% do trimestre do ano anterior, e am rgem operacional subiu para 22,8%, comparada com 22,1% do mesmo trimestre do ano passado. Receitas operacionais cresceram 6% para um total de 170 milhões de dólares. 

A nível setorial, o segmento de Outdoor cresceu 31%, em parte devido à forte procura no segmento de wearables. A margem bruta melhorou para 64%, resultando num crescimento do resultado operacional de 38%.

O segmento da Aviação apresentou um crescimento de receitas de 16% em parte devido a fortes vendas no aftermarket e às contribuições positivas das categorias de produtos OEM. 

As receitas no sector Marítimo registaram um crescimento de 10% no trimestre, em parte liderado por plotters e sondas de pesca. A margem bruta foi de 58%, enquanto a margem operacional se situou nos 24%. A Garmin concluiu recentemente a aquisição da Navionics S.p.A., uma empresa privada de mapas eletrónicos para navegação e aplicações móveis que irá dinamizar ainda mais este setor no futuro.

No segmento de Fitness as receitas foram de 167.147 milhares de dólares no terceiro trimestre do ano, representando margens brutas e operacionais de 58% e 20%, respectivamente. Já o  segmento Automóvel registou um decréscimo de receitas de 12%. Segundo a empresa, o resultado fica a dever-se à contração do mercado PND compensada em parte pelo crescimento em categorias de nicho, como sejam as câmaras, camiões, frotas e autocaravanas. As margens brutas e operacional foram de 44% e 8% respetivamente.

“A Garmin continua a revelar uma sólida performance no terceiro trimestre, registando receitas de dois dígitos e um crescimento do lucro operacional nas áreas de Outdoor, Aviação e Marítimo. Estamos muito bem posicionados para o resto do ano, com uma robusta linha de novos produtos e oportunidades em cada segmento de negócio”, afirmou, em comunicado, Salvador Alcover, Diretor Geral da Garmin Ibéria.

“A empresa encontra-se numa excelente posição para cumprir os objetivos propostos para o ano de 2017, revelando um alinhamento total entre as metas financeiras e a estratégia de negócio que definiu para este ano. O constante investimento da empresa em investigação e desenvolvimento está a gerar lançamentos de alta qualidade que está a assegurar uma boa tendência”, explicou, por sua vez, Vanessa Garrido, Diretora de Marketing da Garmin Ibéria.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor