Fundo Europeu do Investimento “ajuda” negócios inovadores

EmpresasNegócios

O Fundo Europeu de Investimento (FEI) e o Banco Internacional do Funchal (Banif), o Banco Comercial Português (Millennium BCP) e o Novo Banco, assinaram acordos de garantia para aumentar a concessão de crédito a pequenas e médias empresas (PME) inovadoras.

O Fundo Europeu de Investimento (FEI) e o Banco Internacional do Funchal (Banif), o Banco Comercial Português (Millennium BCP) e o Novo Banco, assinaram acordos de garantia para aumentar a concessão de crédito a pequenas e médias empresas (PME) inovadoras e a pequenas empresas de média capitalização em Portugal, avançou a Comissão Europeia em comunicado de imprensa.

Estas são as primeiras transações em Portugal que beneficiam do apoio do Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE), através do qual o Plano de Investimento para a Europa será executado pela Comissão Europeia e o grupo BEI.

Os novos acordos permitirão aos três bancos disponibilizar um total de 420 milhões de euros de empréstimos concedidos a empresas inovadoras em Portugal ao longo dos próximos dois anos. Os empréstimos serão apoiados por uma garantia do FEI no âmbito da iniciativa “InnovFin Financiamento da UE para Inovadores” com o suporte financeiro do Programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia. O

O acordo assinado em Portugal permite que o Banif, o Millennium BCP e o Novo Banco ofereçam às empresas inovadoras financiamentos adicionais em condições favoráveis.

No mesmo documento enviado à imprensa o comissário Carlos Moedas, responsável pela Investigação, Ciência e Inovação, saudou a assinatura destes acordos apoiados pelo Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos e pelo Programa Horizonte 2020. “Este é um importante contributo da UE em prol das empresas inovadoras em Portugal, que terão acesso a 420 milhões de euros sob a forma de novos empréstimos durante os próximos dois anos. Portugal dispõe de um formidável potencial de inovação e estes acordos permitirão a um maior número de empresas investir em ideias e projetos empresariais inovadores. Ao fazê-lo, estamos a investir no crescimento económico de Portugal e da UE.”

Estes são os primeiros acordos aprovados pelo FEI que beneficiarão de uma garantia da UE através do FEIE em Portugal.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor