Fundador da BlackBerry afasta-se de possível compra

Negócios

O co-fundador e antigo CEO da BlackBerry, Mike Lazaridis, afastou a ideia de um plano para tomar conta da empresa e reduziu a sua percentagem na empresa. Lazaridis detém, agora, 26,3 milhões de ações, 4,99 por cento da empresa. O antigo executivo da BlackBerry, que no início do ano considerou a hipótese de fazer uma

O co-fundador e antigo CEO da BlackBerry, Mike Lazaridis, afastou a ideia de um plano para tomar conta da empresa e reduziu a sua percentagem na empresa.

lazaridisLazaridis detém, agora, 26,3 milhões de ações, 4,99 por cento da empresa. O antigo executivo da BlackBerry, que no início do ano considerou a hipótese de fazer uma oferta pela empresa, vendeu mais de 26 milhões de dólares em ações esta semana.

Depois do “colapso” da compra de 4,7 mil milhões de dólares pela Fairfax Financial Holdings no último mês, a BlackBerry terminou a sua revisão estratégica, optando por angariar mil milhões de dólares em dívida convertível e procurar um novo CEO. John Chen foi nomeado executive chairman e CEO interino. A infusão de mil milhões de dólares ajudou a estabilizar a empresa, dando tempo a Chen para criar um plano que dê a volta à situação.

Só este ano, as ações da BlackBerry já perderam 35 por cento do seu valor.

No último trimestre, as receitas da empresa desceram 56 por cento para 1,19 mil milhões, tendo também anunciado uma perda das operações contínuas na ordem dos 67 por cento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor