Fujitsu apresenta inovações para a Supercomputação

Data-StorageNegóciosStorage

A Fujitsu anunciou hoje um conjunto de inovações, ao tornar a Supercomputação (HPC) mais acessível a uma base de clientes mais vasta.

Entre as inovações contam-se um centro de demonstração online que permite que os clientes experimentem o poder da HPC, usando os seus próprios dados. A Fujitsu apresenta ainda uma solução de arrefecimento Cool-Central que, segundo o fabricante, reduz os custos de arrefecimento em até 50 por cento.

“Outra das prioridades chave para clientes HPC em particular é maximizar cada centímetro de poder de processamento”, lê-se no comunicado de imprensa. “O novo Fujitsu Server Primergy CX400 M1 arrefecido a líquido e os seus nós de cluster alcançam este objectivo aumentando a densidade do data center até cinco vezes, para um máximo de 160 processadores Intel Xeon e 1280 módulos de memória por rack padrão”.

Com potências resultantes superiores a 30 kW por rack, o arrefecimento líquido desempenha um papel vital na manutenção do data center dentro de uma amplitude térmica aceitável.

Aliás, a Fujitsu prevê que os servidores de alta densidade vão alcançar mais de 50 kW por rack em 2016, e por isso está já hoje a aplicar a tecnologia modular e expansível de que os seus clientes vão precisar cada vez mais no futuro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor