FTC de Taiwan multa Apple por interferir com operadoras

EmpresasNegócios

A Fair Trade Commission de Taiwan multou a Apple Ásia em 667 mil dólares, ou seja, 487 mil euros, por esta ter tentado influenciar os preços dos iPhones naquele Estado chinês. O regulador já avisou que, se a situação se voltar a repetir, as multas vão aumentar, podendo chegar aos 1,6 milhões de dólares, o

A Fair Trade Commission de Taiwan multou a Apple Ásia em 667 mil dólares, ou seja, 487 mil euros, por esta ter tentado influenciar os preços dos iPhones naquele Estado chinês.

apple-store-ldnO regulador já avisou que, se a situação se voltar a repetir, as multas vão aumentar, podendo chegar aos 1,6 milhões de dólares, o que corresponde a 1,17 milhões de euros.

A Apple condicionou as três operadoras daquele país a terem praticamente os mesmos planos de preços. Segundo a legislação em Taiwan, as empresas deviam ser livres de praticar os preços desejados, a partir do momento em que tivessem adquirido os direitos de comercialização dos dispositivos da marca.

Segundo a FTC, a Apple violou o Artigo 18 da Lei de Comércio Justo, ficando também condenada, além da multa, a parar os atos ilegais, que estão a prejudicar a concorrência de forma desleal. A comissão acrescenta ainda que a Apple Ásia é responsável por obrigar as operadoras que vendem os seus produtos em Taiwan a seguir certas regras na altura de fazer contratos com os clientes.

Já no início deste ano, a Samsung também teve de pagar multas em Taiwan pelo seu comportamento no mercado dos smartphones, nomeadamente pelos anúncios que publicou naquele país.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor