Forward! by Unisys: a segunda geração

Big DataCloudData-Storage

Composta por quatro novos modelos, mais rápidos e eficientes e utilizando a família de processadores Intel Xeon E7 em dois deles, proporcionará mais opções, melhores soluções e maior rapidez aos utilizadores da plataforma Forward!      A Unisys Corporation lançou a segunda geração da sua plataforma de computação empresarial Forward! by Unisys, que visa alargar

Composta por quatro novos modelos, mais rápidos e eficientes e utilizando a família de processadores Intel Xeon E7 em dois deles, proporcionará mais opções, melhores soluções e maior rapidez aos utilizadores da plataforma Forward!   

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

A Unisys Corporation lançou a segunda geração da sua plataforma de computação empresarial Forward! by Unisys, que visa alargar o poder e funcionalidade ao nível da Segurança e do próprio desempenho. A ideia é que os seus clientes não precisem de optar “entre a eficiência de custos e a flexibilidade das plataformas baseadas em processadores Intel e a segurança e fiabilidade dos sistemas Unix. Com o sistema Forward!, os CIOs têm agora uma alternativa flexível e eficiente em termos de custos para a consolidação dos servidores e para executar aplicações de analítica de big-data, cloud e outras aplicações de missão crítica” como nos diz Rob Cashman, vice-presidente da unidade de Servidores e Soluções de Missão Crítica na empresa.

Segundo o comunicado de imprensa da Unisys: “Todos os nós da arquitetura de hardware Forward! estão conectados por ligações de alta velocidade, de modo a reduzir a latência do sistema e proporcionar um melhor desempenho nas transações e análises em tempo real do que as plataformas concorrentes. Os utilizadores podem criar versões da plataforma Forward! com vários nós, abrangendo diferentes localizações geográficas, criando um sistema virtualmente ilimitado em termos de escalabilidade e potência”.

Os dois modelos topo de gama utilizam o processador Intel Xeon E7 4800 v2 o que permitiu aumentar em perto de quatro vezes os núcleos que agora se cifram entre os 48 e os 60. Já os modelos de gama média, que utilizam o processador Intel Xeon E5 2600 v2, suportam até 16 a 20 núcleos. São essencialmente estas as características que permitem a esta plataforma apresentar melhores velocidades e desempenhos na execução de múltiplas cargas de trabalho.

Todos os modelos desta nova geração foram concebidos para trabalhar em ambiente Windows e Linux e permitem aplicações cloud, ERP, big data e de analítica.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor