Forte pressão leva Verizon a cair no quarto trimestre

NegóciosOperadoresRedes

Os resultados da Verizon para o quarto trimestre falharam as estimativas e atingiram valores abaixo dos esperados. A maior operadora móvel norte-americana tem sofrido com as sucessivas quedas de preços e tem sido afetada pela crescente competição. Os lucros médios da Verizon nos últimos três meses de 2014 foram de 71 cêntimos por ação, enquanto

Os resultados da Verizon para o quarto trimestre falharam as estimativas e atingiram valores abaixo dos esperados. A maior operadora móvel norte-americana tem sofrido com as sucessivas quedas de preços e tem sido afetada pela crescente competição.

verizon

Os lucros médios da Verizon nos últimos três meses de 2014 foram de 71 cêntimos por ação, enquanto as previsões dos analistas apontavam para os 72 cêntimos.

A operadora norte-americana tem investido fortemente na mitigação da pressão exercida por rivais como a Sprint. Mas estes esforços exigem capital, e os descontos oferecidos pela Verizon (como iPhones 6 mais baratos e promoções especiais) têm esvaziado os cofres da empresa.

A guerra de preços na esfera das telecomunicações tem sido renhida, e tem feito algumas vítimas. As operadoras têm registado margens abaixo dos valores calculados, o que poderá por em causa sua própria subsistência.

Depois do anúncio, as ações da Verizon caíram 0,9 por cento, para os 47.80 dólares, na Bolsa nova-iorquina. A margem da empresa foi reduzida dos 49,5 por cento registados no trimestre anterior, para os 42 por cento. Ainda no quarto trimestre de 2014, a Verizon sofreu uma perda líquida de cerca de 2,2 mil milhões de dólares, ao passo que as vendas geraram 33,2 mil milhões de dólares, valor superior aos 32,7 mil milhões esperados.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor