FireEye espera receitas baixas

EmpresasNegócios

A empresa de segurança de rede FireEye projetou as suas receitas para o atual trimestre abaixo das expectativas médias dos analistas e alertou que os custos de desenvolvimento iam aumentar. As ações da empresa caíram oito por cento. A Fire Eye, que comprou a empresa Mandiant em janeiro, espera receitas para o primeiro trimestre entre

A empresa de segurança de rede FireEye projetou as suas receitas para o atual trimestre abaixo das expectativas médias dos analistas e alertou que os custos de desenvolvimento iam aumentar. As ações da empresa caíram oito por cento.

Dave DeWaltA Fire Eye, que comprou a empresa Mandiant em janeiro, espera receitas para o primeiro trimestre entre os 70 milhões e os 72 milhões de dólares. Os analistas, em média, esperavam receitas no valor de 76,2 milhões de dólares.

A empresa projetou, também, os seus custos de desenvolvimentos para o atual trimestre, sendo entre 50 a 53 por cento das suas receitas. Isto implica que as suas despesas sejam entre 35 milhões e os 38,2 milhões de dólares, valor bem acima que os 21,5 milhões de dólares gastos no quarto trimestre de 2013. A FireEye espera, ainda, uma perda entre 51 e 56 cêntimos por ação no trimestre.

Segundo o COO Kevin Mandia, em entrevista à Reuters, a FireEye está a focar-se mais no investimento para um crescimento futuro e não está à procura de ser lucrativa a curto prazo. Mandia foi fundador da Mandiant, tendo-se juntado à FireEye depois da aquisição.

No quarto trimestre, as receitas da empresa aumentaram 81 por cento, para 57,3 milhões de dólares, ligeiramente acima dos 56,1 milhões de dólares esperados pelos analistas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor